Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
março – 2015 – Japa Girl












































































    Agatha Luna e AmeriquitaEncontrei essa cachorra, com mais de 10 anos, castrada, com uma cirurgia ainda cicatrizando na região torácica, cheia de moscas e pulgas, na pracinha em frente ao colégio Santa Cruz, região de Pinheiros. Muito fraca, está pele e osso. Internei no @citvet por 24 hrs, está inteira, sem anemia, sem infecção, fígado e rins bons! Acredito que fugiu! Por favor me ajudem compartilhando, deve ter um dono procurando por ela. Por hora, colocamos o nome de Angelita. #cachorraperdida #procurasecachorroHoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!Gigante pela própria natureza e pela própria ignorância 🇧🇷Precisamos ir para a rua protestar urgente!!! Profundamente abalada com a destruição de lugares sagrados, lugares que sustentam a Vida neste planeta! Todos vão sofrer as consequências desse desmatamento e queimadas! Árvores de 500 anos já eram! Estão encontrando animais queimados, jamais estudados ou conhecidos pelo homem! Estamos sentenciando nossa existência. #prayfortheamazonÉ com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

Archive for março, 2015

Viva o sábado de Outono #orchids #orquídea #catleya

Viva o sábado de Outono #orchids #orquídea #catleya

   Comentário RSS Pinterest   
 

TODAY’S SOUND: KIM GORDON – GIRL IN A BAND: A MEMOIR POR ARTHUR MENDES ROCHA

No mês passado, foi lançada a autobiografia ‘Girl in a band: A memoir”, de uma das grandes roqueiras da cena alternativa americana: Kim Gordon.

kim gordon book

Kim ficou conhecida na cultura pop como a baixista cool da banda Sonic Youth, um dos bastiões do indie rock americano, surgidos no início dos anos 80.

Na sua biografia, Kim fala de detalhes importantes de sua vida e que até então pouco se sabia, já que ela sempre foi uma artista reservada.

kim

Ela é considerada influência definitiva em bandas femininas como as das Riot grrrls nos anos 90.

Um dos principais temas é o fim de seu casamento com Thurston Moore, o líder do Sonic Youth e com o qual foi casada durante 27 anos, sendo que eles eram considerados o casal 20 da cena indie, tendo rompido em 2011.

kim & thurston

O livro começa com ela falando do final do casamento, de como toda uma parceria musical e uma cumplicidade entre os dois foi terminando.

Kim fala da turnê final do SY, justamente no Festival SWU (em São Paulo); da dificuldade de dividir o palco com o agora ex-marido e interpretar canções que os dois haviam composto juntos como ‘Cotton Crown”.

Ela declara que nesta noite em SP, nunca se sentiu tão sozinha em toda sua vida e afirma: “Os festivais de música são como versões musicais de um esquisito quadro doméstico”.

Kim Gordon

Kim também fala de como foi contar para sua filha Coco sobre a separação, antes da imprensa divulgar, antes de chegar aos ouvidos dela da maneira errada, tudo isto ela disseca no livro.

kim gordon

A banda atravessava ótima fase profissional; o último disco,‘Eternal”, bem colocado na parada, um novo membro na banda (Mark Ibold, do Pavement), canções inspiradas- assim o final do grupo pegou todos de surpresa.

Na verdade, Thurston já estava vivendo um romance extraconjugal com a editora Eva Prinz, sua sócia na editora Ecstatic Peace Library, mas nem a própria Kim ainda sabia disto (no livro ela se refere à Prinz como “a mulher”).

kim playing

No livro ela fala de como ficou tentando salvar o casamento durante um ano, incluindo telefonemas, emails, mentiras e ultimatos e que ela estaria se transformando numa espécie de mãe de seu então marido.

Ela veio a descobrir tudo em uma manhã, em 2010, quando viu mensagens da amante no celular do marido, contando detalhes de seu romance; “foi um pesadelo do qual você não quer acordar” diz Kim.

Kim-Gordon-to-Go-on-Book-Tour-for-Memoir-News-FDRMX

Mas o bafo continua, com ela contando como Thurston afirmava que desejava voltar para a família até ela descobrindo fotos eróticas, encontros furtivos em hotéis, vídeos do marido e amante, a ponto de Kim se perguntar como o marido foi se deixar envolver desta maneira.

Kim Gordon of Sonic Youth

Ela escreve: “se você pode realmente amar, ou ser amado, por alguém que esconde quem realmente é”.

Antes do Sonic Youth, Kim se formou em Artes e Design e foi quando fez uma performance musical com uma banda somente de garotas, é que pensou também em se dedicar à música.

kimpaintings1

Ela conheceu Thurston por esta época, formando com mais Lee Ranaldo e Steve Shelley, o Sonic Youth, e casando-se em 1984.

Ela também se dedica às artes plásticas, contribuindo com a revista Artforum, bem como lançando um livro de suas pinturas, ‘Performing/Guzzling”.

kim-gordon-front

 

Foi através dela que Gerhard Richter foi parar na capa de ‘Daydream Nation’ e Raymond Pettibon para a capa de “Goo”.

kim daydreamnation

sonic-youth-goo-1990

Ela conta como foi vir para NY em 1980, dormir alguns dias no apartamento da artista Cindy Sherman, participar de uma banda que fazia um som mais experimental, nada convencional e que teve seu auge nos anos 90.

Além disso, Kim também se interessa por moda, participando como modelo de seu amigo Marc Jacobs, além de criar sua própria linha de roupas, a X-Girl.

Kim Gordon has new band, new book

 

Sobre questões da mulher, ela já colocou em músicas como a imagem do corpo feminino, que ela cantou em “Tunic”, feita para Karen Carpenter.

Kim é mais velha em seis anos que Thurston, sempre foi muito na dela, mesmo em suas entrevistas, mas no livro vemos que ela também enfrentou problemas para conciliar carreira, família, sucesso, liberdade; como qualquer ser humano normal.

Kim Gordon photographed at the Rookery EC1

Ela também conta como foi sua experiência vivendo em lugares como Hong Kong e Havaí, seu namoro com o músico Danny Elfman (do Oingo Boingo e autor das trilhas dos filmes de Tim Burton), a tentativa de Lydia Lunch seduzir seu então marido, e sua relação com o irmão mais velho, Keller.

kim & keller

Keller foi disgnosticado com esquizofrenia (que virou uma canção do Sonic Youth) e ela conta como isto afetou sua vida e sua arte: “a pessoa que mais que qualquer outra no mundo moldou quem eu era e quem eu acabei me tornando”.

Ela se pergunta no livro: ‘Serei eu fortalecida? Se você tem que esconder sua hipersensibilidade, você é realmente uma mulher forte”?

kim gordon2

Todo seu círculo de amizades está no livro; de Chloë Sevigny (que participou do vídeo de ‘Sugar Kane”), passando por Spike Jonze (que começou sua carreira dirigindo vídeos para a banda), Kurt Cobain (descrito como uma mistura de fúria e gentileza assustadora), Courtney Love (que ela dá uma detonada), Jeff Koons e Billy Corgan (dizendo que ninguém gosta deles), Lana Del Rey (que nem sabe o que é feminismo), entre outros.

Ela fala de maneira clara de como as pessoas ao seu redor lhe serviram como inspiração e lhes fizeram ter a confiança para ela se expressar artisticamente.

Hoje Kim montou uma nova banda com o amigo Bill Nace, a Body/Head, fez exposição com a ajuda de Larry Gagosian e continua acreditando e amando o que faz: sua arte.

kim-gordon-624-1378902606

   Comentário RSS Pinterest   
 

TODAY’S SOUND: MARIANNE FAITHFULL- A LIFE ON RECORD POR ARTHUR MENDES ROCHA

Esta semana, falaremos de artistas da música que tiveram suas biografias recentemente editadas ou filmadas, contando detalhes até então inéditos.

Hoje começaremos por Marianne Faithfull, a cantora cult surgida nos anos 60, que teve seu nome sempre associado aos Rolling Stones e que lançou no final do ano passado o livro “Marianne Faithfull: A Life on Record”.

MarianneFaithfull_cover

Eu tive oportunidade de conhecer Marianne, quando esta esteve no Festival de Teatro, Porto Alegre Em Cena e eu fiz produção de palco, conversando muito com ela quando esta estava disposta.

Uma coisa ela sempre frisava quando águem iria fazer perguntas a ela: “Só peço que evitem falar da minha relação com Mick Jagger e os Rolling Stones”.

marianne e jagger

Marianne teve um grande vício em sua vida: a heroína. Mas no livro, ao invés de falar mal da droga, ela fala bem, declarando: ‘Eu penso que se eu não tivesse feito heroína, eu estaria morta. Eu teria me matado. Eu acho que esta me protegeu e me salvou de um destino pior que a morte. E eu apoio isto. Obrigado heroína. Eu não estou dizendo que é uma boa ideia. Eu tive muita sorte e é uma coisa arriscada de ser feita”.

MARIANNE by Helmut-Newton-1981-2-web-700

Aos 67 anos, ela lançou um novo disco em setembro do ano passado, ‘Give my love to London”, bem recebido pela crítica e acaba de completar 50 anos de carreira.

Marianne_Faithfull_creditEG_161_2.jpg

No disco ela interpreta covers de Leonard Cohen, Hoagy Carmichael, entre outros, e canções novas como “Deep Water”, composta junto com Nick Cave.

Além disso, no disco há colaborações com Roger Waters, Brian Eno e Anna Calvi.

Marianne é constantemente associada com a cena da Swinging London dos anos 60; ela fez cinema num filme cult ao lado de Alain Delon, “A garota da motocicleta”, dirigida por Jack Cardiff (renomado diretor de fotografia britânico).

marianne GIRL-ON-A-MOTORCYCLE-005

Além disso, ela gravou vários discos e filmou com outros cineastas, mais recentemente no cult “Irina Palm’, onde ela está muito bem.

Marianne by Karl-Largerfeld-2010-web-1

Sobre a música “Sister Morphine”, que compôs com Jagger, ela fala: “Não é uma canção sobre drogas. É uma canção sobre um homem que sofreu um terrível acidente, e está no hospital morrendo e pede por morfina”.

Ela também protege os hippies, afirmando que estes foram utilizados como cobaias nos anos 60 e 70 para disfarçar escândalos envolvendo abuso sexual de menores. Ela afirma que os hippies foram retratados como diabólicos, quando na verdade não o eram. Ela cita escândalos como o de Jimmy Saville, famoso apresentador britânico que faleceu e agora teve seus atos de moléstia infantil revelados.

Marianne by Terence-Donovan-1966-web

Recentemente, ela também revelou que sabia quem havia matado Jim Morrison; ela culpa o traficante Jean de Breiteuil, dizendo que em 1971 foi com este para Paris, onde Jim veio a falecer.

Jean teria ido ao apartamento de Jim e lhe vendido a dose fatal de heroína, que o matou. Mas como nenhum dos dois está vivo para contar, nunca saberemos ao certo.

Marianne by Annie-Leibovitz-1990-web2

No livro ‘A life on Record”, publicado pela Rizzoli, há diversas fotos inéditas do arquivo da cantora, além de cliques por fotógrafos famosos como Steven Meisel, David Bailey, Anton Corbjin, Bruce Webber, Robert Mapplethorpe, Helmut Newton, entre outros. Ela incluiu também cartas e letras de músicas.

Marianne Steven-Meisel-1989-bw-web-2

marianne by bruce

Marianne by Anton-Corbijin-Seven-Deadly-Sins-shoot-web

marianne by mapplethorpe-74-web-1

Marianne foi descoberta numa festa pelo então manager dos Stones, Andrew Loog Oldhan, que a convidou para cantar “As tears go by”. O rostinho bonito mostrou que tinha voz e acabou conquistando as paradas e gravando discos.

Um dos fatos que mais a envergonha é de ter sido apanhada em uma batida da polícia na casa de campo onde estava com Jagger e Keith Richards. Segundo ela: ‘Isto estragou tudo para mim. Os anos 60 se transformaram em merda’.

Marianne Terry-ONeill-catsuit-web

 

O vício em heroína a levou para o fundo do poço, perdendo a guarda do filho Nicholas, sua casa e até uma tentativa de suicídio.

Burberry

Numa foto icônica clicada por Cecil Beaton (abaixo), ela utilizou um leque de penas de pavão para disfarçar sua pele cheia de acne, detonada pela heroína.

marianne by cecil

No livro, ela declara que não se sente envergonhada de ser tão crua, direta e honesta, que este é o seu jeito de ser: “Mesmo que eu tentasse, eu não consigo me censurar de dizer o que eu penso, este é o meu jeito de ser. E quanto mais eu vou ficando velha, eu vou ficando mais assim. Isto se retrata nas minhas canções. Elas vão ficando mais claras, sem encheção de linguiça”.

Marianne by Hedi

No ano passado, ela sofreu uma queda que afetou seu quadril, depois de passar por cirurgia ela melhorou. Agora no início do ano, ela teve que cancelar várias apresentações, pois a dor havia voltado.

Marianne by Michel-Comte-1993-01-web

Torçamos para que Marianne se recupere e possa voltar aos palcos, bem como fazer novos filmes e lançar novos discos.

Marianne by Rankin-2002-1

 

 

 

 

   Comentário RSS Pinterest   
 

Morning! #bromeliads #bromélia

Morning! #bromeliads #bromélia

   Comentário RSS Pinterest   
 

Undead #SarahBernhardt ma kind o'gal …

Undead #SarahBernhardt ma kind o'gal ...

   Comentário RSS Pinterest   
 

A #Ikebana de hoje: #Dracena #Cravos e #Buxinho

A #Ikebana de hoje: #Dracena #Cravos e #Buxinho

   Comentário RSS Pinterest