Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: A GIRL WALKS ALONE AT NIGHT POR ARTHUR MENDES ROCHA – Japa Girl












































































    É com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?Unforgetable veggie lunch exxxperience!
Thank you so much @saporebrasil @pietroleemann @lideresempreendedores 
Risoto com aspargos verdes e abóbora, contraste de mousse de couve-flor defumada e arroz silvestre crocante.Happy Sunday!
Plantio de mais de 320 árvores nativas da nossa Mata Atlântica para #florestadebolso de Ricardo Cardim. @fabricadearvores 😉RIP #leeradizwill and #rudolfnureyev 🖤🖤Wake up, Mthrfckrs! 
#10yearchallengeHappy Halloween from Vampirina 🖤“The Proposal” ( between 1880 - 1889) by Knut Ekwall (Swedish - 1843 - 1912)Full purple bloom galore!
#flordesaomiguel #violeteira #ravenala #kaizukaPapa Pirate & Mama Mermaid
#agathalunaJust opened! #cattleya

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: A GIRL WALKS ALONE AT NIGHT POR ARTHUR MENDES ROCHA

Um filme de terror iraniano, com toques de western, em P&B e com trilha rock n’ roll? Esta é a primeira pergunta que nos fazemos ao assistir “A Girl walks alone at night” (Garota sombria caminha pela noite), mas que sem dúvida, é dos filmes de terror mais interessantes dos últimos tempos.

a girl poster 2

O filme foi descoberto no Festival de Sundance do ano passado e desde então tem feito sucesso por onde é exibido.

“A Girl walks alone at night” foi dirigido por uma jovem iraniana/americana, Ana Lily Amirpour, de apenas 25 anos e cheia de talento.

Admiradora de cineastas como David Lynch, Sergio Leone e Francis Ford Coppola, seu filme foi totalmente inspirado por “Rumble Fish”, o maravilhoso clássico de Coppola, estrelando Matt Dillon e Mickey Rourke e que também foi todo filmado em PB, num clima surreal/estilizado.

O filme nos conta a história de uma vampira jovem, que sai de skate pela noite, com seu xador (espécie de vestimenta persa, que é quase uma burca, mas que deixa o rosto à mostra) e que ataca suas vítimas, optando por morder aqueles que ela acha que não fazerão muita falta.

a-girl-walks-home-alone-at-night

Inlcusive, o ataque dela acaba sendo uma espécie de vingança aos que cometem o mal.

Em seu tempo livre, ela coleciona discos de vinil e fica escutando-os em casa.

Sua existência sofre uma reviravolta quando encontra, por acaso na rua à noite, o jovem Arash, pelo qual se apaixona. Inclusive o encontro deles é bem marcante, pois ele está vestido de Drácula, com direito a capa e dentes falsos.

a girl walks

 Arash tem um pai viciado em heroína, deve dinheiro a um traficante e a garota fará tudo para ajudá-lo e protegê-lo dos malfeitores.

O roteiro do filme mostrou ser um desafio, tendo Amirpour escrito em persa e em inglês, dependendo de como soava foneticamente.

a girl2

A ação se desenrola num lugar esquecido, chamado Bad City, que lembra aqueles lugares abandonados do faroeste e habitado por todo tipo de outsiders.

a-girl-walks-home

Não é a toa que outra grande inspiração da diretora foi o filme “Era uma vez no Oeste” de Leone.

Abaixo a diretora analisa uma das cenas mais bacanas do filme:

Outro grande lance da diretora foi escapar às armadilhas do gênero terror; em nenhum momento seu filme apela para o gore, ou banhos de sangue; seu filme é extremamente cool, a fotografia de Lyle Vincent é linda, tudo conspira para um clima diferente dos filmes de terror que estamos acostumados.

a girl-walks-home

Um dos grandes achados foi a atriz Sheila Vand, que também tem origem iraniana e fez um ótimo trabalho, nos transmitindo toda solidão, todos os sentimentos de ser uma vampira que vive a beira da sociedade, num lugar desolado.

a gir3

Abaixo um papo da diretora e da atriz para a revista Vice, onde elas contam todo o processo criativo para levar o filme às telas:

Cada frame de “A Girl walks alone at night” é puro estilo, e nos conquista logo no começo e nos deixamos envolver completamente pela história da garota solitária e vampiresca.

A boa notícia é que o filme foi comprado por uma distribuidora brasileira e deve estrear até o final deste mês aqui no país.

a-girl-walks-home-alone-at-night-review

Vindo cercado de toda a boa crítica mundial, o próximo trabalho de Amirpour é uma produção hollywoodiana, “Bad Batch”, um filme passado num ambiente canibalesco, estrelando Keanu Reeves e Jim Carrey.

A trilha merece destaque por ser inteiramente composta de bandas de rock persas como Kiosk, Federale, Radio Tehran, Bei Ru, entre outras.

a girl3

“A Girl walks alone at night” é imperdível, um dos filmes mais visualmente legais deste ano, uma “love story” vampiresca, gótica e original e que tem tudo para fazer sucesso por aqui também, assegurando seu lugar como um ‘cult’ moderno.

 

   Comentário RSS Pinterest