Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
Today’s Sound: Afrika Bambaataa por Arthur Mendes Rocha – Japa Girl



























































                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

Today’s Sound: Afrika Bambaataa por Arthur Mendes Rocha

Hoje o pioneiro do hip-hop que falaremos é o pai do eletrofunk: Afrika Bambaataa.

Afrika Bambaataa começou a sua carreira como dj de festas no South Bronx no começo dos anos 80, onde era líder da gang conhecida como Black Spades (espadas negras), uma das gangues mais temidas de NY na época. Ele era conhecido como o mestre dos discos, criando dois grupos de rappers: Jazzy 5 e Soulsonic Force.


Sua vida tomou um novo rumo quando visitou a África do Sul e foi daí que ele mudou o seu nome para Afrika (seu nome real, dizem, é Kevin Donovan), nome de um líder de uma tribo zulu.

Depois de sua viagem, ele resolveu que ajudaria os membros de gangues introduzindo-os à cultura hip-hop formando a Zulu Nation. Em 1982 ele participou da primeira turnê de hip-hop fora dos EUA, levando consigo dançarinos (os famosos b-boys), grafiteiros, que o ajudaram a difundir os valores que ele considerava como essenciais no hip-hop: paz, amor, união e divertimento.

Nesta época, ele e o Soulsonic Force resolveram ir para um lado mais eletrônico: ele foi apresentado ao teclado eletrônico pelo Kraftwerk (que já eram sucesso na Europa com sua música robótica, pré-techno), além de ganhar uma beatbox eletrônica de Arthur Baker (produtor do New Order,entre outros) e um sintetizador de John Robie (produtor de artistas como Public Enemy e Run DMC).

O resultado disto foi o mega hit “Planet Rock”, música que iniciou o movimento electro-boogie que tomaria de assalto o rap e a dance music, tocada até hoje e um marco na música, misturando rock, electro pop (emprestado de “Trans Europe Express” do Kraftwerk) e funk:

Ele passou a tocar nos mais diferentes clubs de NY, tocando para um público predominantemente branco, que assim passou a conhecer o que era a música hip-hop.

Logo em seguida, em 1983, ele lançou outra música de sucesso, “Renegades of Funk”:

Durante os anos80, ele lançou vários discos, fez diversas colaborações com artistas como John Lydon e também James Brown, recém saído da prisão, como podemos ver em “Unity”:

Ele continuou a lançar novos trabalhos nos anos 90 e 2000, além de viajar o mundo discotecando. Ele já esteve algumas vezes no Brasil, onde tive a oportunidade de assisti-lo e conhecer um pouco de sua incrível bagagem musical. Seu último trabalho foi o disco “Metal” de 2005.

Bambaataa é reconhecido como o “Godfather” do hip-hop, ele praticamente nomeou o gênero, sendo reconhecido mesmo fora da comunidade, espalhando a cultura hip-hop para Europa, África e Ásia. Além disso, ele é pioneiro no uso da bateria eletrônica e no uso de computadores na música; vários estilos musicais como house, techno, R&B, Miami bass, funk carioca, devem muito ao pioneirismo de Bambaataa.

   Comentário RSS Pinterest