Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
Today’s Sound: Cher por Arthur Mendes Rocha – Japa Girl












































































    Hoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!Gigante pela própria natureza e pela própria ignorância 🇧🇷Precisamos ir para a rua protestar urgente!!! Profundamente abalada com a destruição de lugares sagrados, lugares que sustentam a Vida neste planeta! Todos vão sofrer as consequências desse desmatamento e queimadas! Árvores de 500 anos já eram! Estão encontrando animais queimados, jamais estudados ou conhecidos pelo homem! Estamos sentenciando nossa existência. #prayfortheamazonÉ com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?Unforgetable veggie lunch exxxperience!
Thank you so much @saporebrasil @pietroleemann @lideresempreendedores 
Risoto com aspargos verdes e abóbora, contraste de mousse de couve-flor defumada e arroz silvestre crocante.Happy Sunday!
Plantio de mais de 320 árvores nativas da nossa Mata Atlântica para #florestadebolso de Ricardo Cardim. @fabricadearvores 😉

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

Today’s Sound: Cher por Arthur Mendes Rocha

Cher é uma superstar americana, um ícone da música, cinema e TV, a única artista a vencer os principais prêmios do showbizz, lotando estádios e teatros por onde passa.

Cher nasceu Cherilyn Sarkisian em 1946 e teve uma infância complicada, já que seus pais separaram-se cedo e ela viveu como nômade a maior parte deste período de sua vida.

A mãe de Cher tem origem cherokee, por isso os traços de Cher lembram bastante uma índia e logo ela passa a chamar a atenção por seu visual exótico.

Começando a fazer peças na escola, ela descobriu sua veia artística e que possuía uma voz grave.

Em 1962 ela larga tudo e vai para Los Angeles tentar a carreira artística, apresentando-se como dançarinas em bares da Sunset Strip até que ela conhece Sonny Bono, na época assistente de Phil Spector (grande produtor de discos) e muda-se para a casa dele.

Os primeiros trabalhos de Cher na música foi como backing vocal de hits produzidos por Spector como “Be my baby” das Ronettes e “You’ve lost that loving feeling” dos Righteous Brothers.

Finalmente ela e Sony decidem lançar-se como dupla primeiro como “Caesar & Cleo” (chegando a gravar alguns singles) até lançar em 1965 o álbum “Look at us”, segundo lugar na parada da Billboard e que originou seu famoso hit “I got you babe”, primeiro lugar simultâneo nos EUA e Inglaterra:

Já casados e como “Sonny & Cher”, a dupla dominou o pop no meio dos anos 60, além de ser considerado o casal mais famoso do rock naquele momento.


No período que vai de 1965/1972, a dupla faz filmes ( “Good Times” dirigido por William Fredkin e “Chastity”) vende mais de 80 milhões de singles e álbuns, 11 hits no top 10, o mundo parecia pequeno para a dupla. Em 1972,  eles resolvem aceitar o convite da CBS e comandam o programa “Sonny & Cher Comedy hour” com vários convidados especiais como o Jackson 5:

Cher vai se destacando cada vez mais na dupla, perdendo seu medo do palco, fazendo piadas, além de sua figura alta, esguia, sua voz de contralto profundo (que caracteriza seu timbre rouco), bem como seu figurino chamativo, lançando moda e estilo, usando pantalonas, mini-blusas, vestidos brilhantes, feitos especialmente para ela pelo figurinista Bob Mackie.

Aos poucos, a imagem dos dois acaba ficando muito careta para a época, seu casamento monogâmico e seu posicionamento livre das drogas bem como seu estilo folk-rock fica meio ultrapassado com o domínio do rock psicodélico.

Em 1974, depois de temporadas de sucesso na TV, o casal acaba se separando e o programa termina. Cher dedica-se cada vez mais à sua carreira solo e vai lançando discos de sucesso, mostrando uma maior maturidade nas canções como em “Half breed”:

Nos anos seguintes, Cher ensaia sua volta á TV com ‘The Cher show’, bem como volta a contracenar com seu ex-marido Sonny no “Sonny and Cher Show”.  Acompanhando os modismos da época, Cher mostra seu lado disco music em “Take me home” e lança-se em turnê no Caesar Palace de Las Vegas:

No final dos anos 70, começo dos 80, Cher é uma das artistas mais bem pagas do mundo do entretenimento, usando e abusando de modelitos incríveis, perucas e acessórios.

Mas nos anos seguintes suas vendas de discos começam a diminuir e fazer pouco sucesso, assim ela resolve dedicar-se ao cinema com filmes como “Silkwood”, “Mask’ (que lhe dá a Palma de ouro de melhor atriz no Festival de Cannes) e ‘O feitiço da lua”, que lhe dá o Oscar de melhor atriz em 1987.

Nesta época, depois de um hiato de cinco anos, ela resolve voltar a lançar discos e assina com a Geffen, pela qual lança três álbuns de sucesso como ‘Heart of Stone”, que contém o hit “If I could turn back time”. No início dos 90, ela participado filme “Mermaids”, que incluía o hit “The Shoop Shoop Song (It’s in his Kiss)”:

No resto da década, Cher enfrenta problemas sérios: fica reclusa devido a uma síndrome chamada síndrome da fadiga crônica e em 1998 ela perde seu antigo companheiro, Sonny, que sofre um acidente fatal de esqui.

Mesmo assim, Cher lança o álbum “Believe’, que origina o single que dá nome ao álbum, seu maior sucesso comercial em toda sua carreira, vendendo 20 milhões de cópias no mundo inteiro, chegando ao topo das paradas de sucessos e lhe dando um novo Grammy.

Cher inicia os anos 2000 de volta ao sucesso e em 2002 faz a “Cher Farewell Tour’, que deveria ser sua última turnê, mas isso acaba não se concretizando e ela volta aos palcos em 2008 para apresentações em Las Vegas. Ano passado ela lançou o filme ‘Burlesque” e agora grava um novo álbum, ainda sem título que vai ter uma colaboração com Lady Gaga.

   Comentário RSS Pinterest