Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: EXPO “MIYAKE ISSEY EXHIBITION: THE WORK OF MIYAKE ISSEY” POR ARTHUR MENDES ROCHA – Japa Girl



























































                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: EXPO “MIYAKE ISSEY EXHIBITION: THE WORK OF MIYAKE ISSEY” POR ARTHUR MENDES ROCHA

A expo de hoje está acontecendo em Tóquio e homenageia um dos mais importantes designers de moda de todos os tempos, Issey Miyake, com a “MIYAKE ISSEY EHIBITION – The Work of Miyake Issey”.

EXHIBITION_2015sep16_02

Miyake e muito mais que um estilista, ele sempre apresentou novas metodologias e possibilidades de fazer roupas, inventando formas, proporções, de uma maneira única, que garantiu o seu nome entre os grandes designers de moda.

ied

Famoso por seu trabalho com plissados e cores, ele trabalhou com Givenchy, Geoffrey Beene, antes de abrir o seu próprio estúdio. Outro detalhe interessante de sua carreira foi que ele criou o famoso “turtleneck” (gola longa) preto usado por Steve Jobs, que lhe encomendava várias peças.

MIYAKEISSEY_2015oct30_01

Esta é a primeira exposição que mostra um apanhado geral de toda sua carreira nos mínimos detalhes, ou seja, desde suas primeiras criações nos anos 70 ate seus trabalhos mais recentes, está tudo lá. Abaixo um vídeo produzido especialmente para a expo:

São 45 anos de dedicação ao design, já que ele abriu seu estúdio, o Miyake Desing Studio em 1970, no Japão, e começou a realizar desfiles de moda em Paris, em 1973.

Issey-Miyake-Exhibition-Tokyo-7

Algumas das criações de Miyake em exposição.

Miyake é um mestre da forma, ele utiliza métodos tradicionais com o que de mais moderno a tecnologia tem a oferecer, sua escolha de materiais é fantástica, tudo é altamente pesquisado e trabalhado de maneira a ficar perfeito no corpo.

Aliás, o corpo é o seu objetivo principal, já que para ele fashion não é para dar status ou aparecer, e sim uma solução de conforto e praticidade, algo conectado com nossas vidas de uma maneira universal, que foge ao simples conceito fashion.

Inside the Issey Miyake Exhibition at the National Art Center in Tokyo.

Outro detalhe da exposição.

O trabalho dele é  justamente como envelopar o corpo, como vestir um objeto tridimensional (o corpo humano) com um material bidimensional (o tecido), sem esquecer que o corpo humano tem vida própria, com movimentos.

p14-tran-issey-miyake-a-20160318-870x877

Formado em artes gráficas pela Tama Art University e tendo aprendido alta costura em Paris, Miyake trouxe este aproach para suas criações, esta inovadora maneira de pensar a roupa das mais diferentes formas, proporções, utilizando materiais inusitados e tendo resultados brilhantes.

issey-miyake-exhibition-image-super-169

Detalhe da exposição tendo em destaque o vestido “Flying Saucer”, que tem um efeito sanfona.

Miyake afirma que suas maiores influências foram Isamu Noguchi (artista e arquiteto americano de origem japonesa), pela sua ponte entre Oriente e Ocidente, Irving Penn (fotógrafo e colaborador de Miyake), por proporcionar um novo olhar sobre as imagens e as revoltas estudantis de Paris em 1968, pois ele estava presente e viu que o mundo estava se transformando, que a moda não era apenas a alta costura para poucos e sim elementos mais simples e universais como camisetas e jeans.

MIYAKE-ISSEY展_展示風景10

Miyake criou o uniforme do time da Lituânia e depois expandiu para outros países na sua coleção Men de 1993.

Um dos highlights da exposição é mostrar ao grande público, o método da criação dos famosos plissados de Miyake, mostrando todo o processo desta criação icônica.

Os visitantes podem conhecer mais sobre o “garment pleating”, método desenvolvido por ele no qual um pedaço de tecido é plissado depois de ter sido costurado, é posteriormente “ensanduichado”entre duas folhas de papel,  resultando em linhas bem definidas e que virou uma de suas marcas registradas.

12-isseymiyake-1024x709

O “garment pleating” de Issey Miyake

Alem disso, vários de seus modelos mais famosos estão expostos de maneira a serem observados nos mínimos detalhes, com a ajuda de designers japoneses que trabalharam cada sala para uma melhor experiência visual.

A exposição esta dividida em três grandes salas

- Sala A – sala mais focada no corpo, apresentando as primeiras criações de Miyake datadas dos anos 70, como o jumpsuit com estampa de tatuagem (com imagens de Jimi Hendrix e Janis Joplin), quando nem se falava em “segunda pele”, bem como o casaco casulo ou a roupa lenço de tamanho múltiplo feita de três pedaços de tecido. Para ele a forma da roupa é criada pelo corpo, ao ser vestida ela se transforma.

the-work-of-miyake-issey-exhibition-the-national-art-centre-tokyo_dezeen_936_1

Os manequins da Sala A, tendo no primeiro de baixo para cima, o body “tatuagem”

Esta sala (e também a sala B) foi idealizada por Tokujin Oshioka (antigo colaborador do designer tendo criado materiais para suas lojas e outras exposições), que criou manequins especiais chamados de “Grid Bodies”, para melhor ornar as criações de Miyake.

The-work-of-Miyake-Issey-exhibition-by-Tokujin-Yoshioka-Tokyo-Japan

Os manequins “grid bodies” criados especialmente para a exposição

- Sala B – sala focada nas possibilidades de reinventar o corpo, de realçá-lo, com suas criações dos anos 80, onde ele praticamente inventa um movimento de roupas centradas apenas no corpo, fase onde ele trabalha novas tecnologias, utilizando materiais nunca dantes utilizados para fazer roupas como fibra, plástico e resina que se transformam em lindos corpetes. Também estão presentes criações como o body feito de silicone, de vime, bem como o ‘waterfall dress”, entre outros.

miyake body

Body de resina feito por Miyake e usado por, entre outras, Grace Jones.

the-work-of-miyake-issey-exhibition-the-national-art-centre-tokyo_dezeen_1568_31

As roupas feitas com vime estão presentes na exposição.

- Sala C – sala focada nas inovações tecnológicas promovidas por ele, divididos em grupos temáticos como o processo A-POC (diminutivo de ‘a piece of clothing”), apenas com um pedaço grande de tecido fabrica-se uma roupa de maneira diferente, eliminando processos intermediários; 132.5, outro processo revolucionário com poliéster reciclado que se transforma ao ser vestido e também o Reality Lab, os novos processos que Miyake tem utilizado recentemente e que pretende continuar testando.

CdvIdVvWAAAOmLa

Detalhe da Sala C.

É uma sala dedicada ao conceito de que qualquer material pode se transformar numa roupa, incluindo suas experimentações com ráfia, crina de cavalo, papel japonês washi, ou mesmo o n1 Dress (de 2010), uma peça feito em preto e dourado que parece uma rosa de origami que se transforma num vestido de festa, entre outras belas criações.

160317122807-issey-miyake-10-super-169

O N1 dress de Miyake

A exposição esta em cartaz ate o dia 13 de junho, no Centro Nacional de Artes de Tóquio e também com alguns eventos programados como debates, leituras, oficinas que dissecam o trabalho de Miyake.

Alem disso, também foi lançado um livro com fotos de cada peça exibida clicadas por Hiroshi Iwasaki e uma linda camiseta com fotos dos materiais utilizados na expo (na foto abaixo).

MIYAKEISSEY_2016feb10_01

Miyake pode ser chamado de gênio, seu trabalho com tecidos inusitados, novas tecnologias, seus plissados, suas cores vibrantes, suas roupas que mais parecem esculturas; esta exposição vem bem a calhar e nos mostra toda a exuberância de suas criações que estarão para sempre entre o que de mais criativo foi feito no vestir.

 

   Comentário RSS Pinterest