Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
Today’s Sound: Iggy Pop & The Stooges por Arthur Mendes Rocha – Japa Girl












































































    Agatha Luna e AmeriquitaEncontrei essa cachorra, com mais de 10 anos, castrada, com uma cirurgia ainda cicatrizando na região torácica, cheia de moscas e pulgas, na pracinha em frente ao colégio Santa Cruz, região de Pinheiros. Muito fraca, está pele e osso. Internei no @citvet por 24 hrs, está inteira, sem anemia, sem infecção, fígado e rins bons! Acredito que fugiu! Por favor me ajudem compartilhando, deve ter um dono procurando por ela. Por hora, colocamos o nome de Angelita. #cachorraperdida #procurasecachorroHoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!Gigante pela própria natureza e pela própria ignorância 🇧🇷Precisamos ir para a rua protestar urgente!!! Profundamente abalada com a destruição de lugares sagrados, lugares que sustentam a Vida neste planeta! Todos vão sofrer as consequências desse desmatamento e queimadas! Árvores de 500 anos já eram! Estão encontrando animais queimados, jamais estudados ou conhecidos pelo homem! Estamos sentenciando nossa existência. #prayfortheamazonÉ com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

Today’s Sound: Iggy Pop & The Stooges por Arthur Mendes Rocha

Depois do post de ontem , nada melhor que falar dos amigos do MC5 que eram da mesma região que eles (Detroit) e eram conhecidos como The Stooges.


Deste grupo, o líder era um tal de James Newell  (que depois trocaria seu nome para Iggy Pop), um cara muito especial, diferente de tudo que rolava no mundo musical da época. Iggy odiava o sonho americano, ele fazia altas performances no palco, parecia ter espasmos, dançava e requebrava quase nu, passando óleo, manteiga de amendoim no corpo, era tudo muito sensual e ultrajante para a época. Iggy era considerado mais perigoso que Jim Morrison (o qual ele viu num show e isto mudou bastante suas apresentações), pegava pessoas na platéia, mas ele nao se achava bonito como Morrison e por isso teria que chamar a atenção de outra maneira: chocando as pessoas.


Os Stooges aproveitavam versos do blues e mandavam ver nas metáforas, nas letras brutas, psicóticas, com muitas guitarras enlouquecidas, improvisadas, em músicas com títulos estranhos para a época como “I wanna be your dog”.

Os Stooges (que eram primeiramente chamados de The Psychedelic Stooges) eram considerados os “baby brothers” do MC5 e a gravadora Elektra assinou com eles na mesma época, em 1968. Recentemente o jornal inglês The Guardian, considerou este um dos grandes momentos da história da música indie (http://www.guardian.co.uk/music/2011/jun/14/stooges-signed-elektra)

Mas foi indo para N.Y. e tendo a admiração das bandas locais como os Ramones que a banda realmente começou a vender um pouco mais de discos. Seu primeiro disco, The Stooges (com produção de John Cale, do Velvet), é de 1969, seguidos por Fun House (considerado pela revista inglesa Q o álbum mais barulhento de todos os tempos) até serem dispensados pelo selo em 1971 por problemas com drogas e desinteresse do  público com a banda. Aí que entra David Bowie para salvá-los e produz seu novo álbum, o clássico “Raw Power” (desta vez com a gravadora Columbia), em 1973.

O álbum reunia de maneira brilhante garage rock psicodélico, proto-metal, free jazz e avant-garde performance, quebrando muito mais barreiras que os grupos de rock antecessores (era o álbum favorito de Kurt Cobain).Este álbum teve no ano passado uma luxuosa reedição com um cd extra com faixas ao vivo e sobras de estúdio.


   Comentário RSS Pinterest