Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: JAPAN POR ARTHUR MENDES ROCHA – Japa Girl












































































    Encontrei essa cachorra, com mais de 10 anos, castrada, com uma cirurgia ainda cicatrizando na região torácica, cheia de moscas e pulgas, na pracinha em frente ao colégio Santa Cruz, região de Pinheiros. Muito fraca, está pele e osso. Internei no @citvet por 24 hrs, está inteira, sem anemia, sem infecção, fígado e rins bons! Acredito que fugiu! Por favor me ajudem compartilhando, deve ter um dono procurando por ela. Por hora, colocamos o nome de Angelita. #cachorraperdida #procurasecachorroHoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!Gigante pela própria natureza e pela própria ignorância 🇧🇷Precisamos ir para a rua protestar urgente!!! Profundamente abalada com a destruição de lugares sagrados, lugares que sustentam a Vida neste planeta! Todos vão sofrer as consequências desse desmatamento e queimadas! Árvores de 500 anos já eram! Estão encontrando animais queimados, jamais estudados ou conhecidos pelo homem! Estamos sentenciando nossa existência. #prayfortheamazonÉ com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?Unforgetable veggie lunch exxxperience!
Thank you so much @saporebrasil @pietroleemann @lideresempreendedores 
Risoto com aspargos verdes e abóbora, contraste de mousse de couve-flor defumada e arroz silvestre crocante.

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: JAPAN POR ARTHUR MENDES ROCHA

Hoje falaremos de uma banda que é associada ao movimento New Romantic, mas que na verdade, iniciou sua carreira muito antes disto, e que são uma banda sui generis na música, tendo terminado no auge de sua fama; eles são o Japan!

JapanPromo-jpg-700x476

O Japan iniciou sua carreira em 1974, quando David Sylvian e seu irmão Steve Jansen se uniram aos seus amigos Richard Barbieri e Mick Karn, já que todos eles estudavam na mesma escola, Catford Boys, em Londres.

Sylvian ficava na guitarra e vocais (além de compor a maioria das canções), Jansen na bateria, Barbieri nos teclados e Karn no baixo e assim eles se denominam temporariamente como Japan.

japan3

O nome acabou ficando, e logo em seguida, eles arrecadam um novo integrante: o guitarrista Rob Dean.

No começo, a banda era influenciada pelo glam-rock de Bowie, New York Dolls, Roxy Music, além de gostarem de se inspirar na música clássica e também em sons étnicos.

Final Line Up

Enquanto a Inglaterra era dominada pelo punk, o Japan era uma banda diferente de tudo que estava sendo feito.

japanband-773x445

Depois de vencerem um concurso de talentos promovido pela gravadora Ariola-Hansa, em 1977, eles lançam no ano seguinte o seu primeiro disco: “Adolescent Sex”, que também era o nome de uma das melhores canções do álbum:

Outro destaque era o inesperado cover de “Don’t rain on my parade”, do musical “Funny Girl”e que ficou famoso na voz de Barbra Streisand:

O disco acaba não sendo um êxito comercial no Reino Unido, mas faz sucesso no Japão e na Holanda.

Um detalhe que já notamos, é que a banda gostava de se maquiar, se vestir bem, com jaquetas, luvas, cabelos bem penteados, além do som; isto foi um dos motivos pelos quais este primeiro disco já é um prenúncio do New Romantic.

japan8

 

O álbum seguinte foi “Obscure Alternatives”, lançado no final de 1978, sob pressão da gravadora na tentativa de conquistar mercados como o americano e o restante da Europa.

O single escolhido do álbum foi “Sometimes I feel so low”, que acaba lhes dando o primeiro hit europeu:

A banda mais uma vez faz sucesso no Japão e Canadá, mas ainda faltava o mercado de língua inglesa, onde eles não tinham o reconhecimento merecido.

japan5

Em 1979, eles fazem uma parceria com o produtor Giorgio Moroder na canção ‘Life in Tokyo”, dando uma levada mais eletrônica em sua música, além dos sintetizadores de Barbieri, agora mais presentes:

O estilo eletrônico fica ainda mais evidente no seu próximo trabalho, “Quiet Life”, seu último disco pela Ariola-Hansa.

japan quiet

Uma das músicas que mais chamava atenção era a faixa que dava nome ao álbum, “Quiet Life”:

Sylvian vai ganhando mais destaque, com vocal ainda mais barítono, além de um visual cada vez mais caprichado, com cabelo em duas cores, armado, além de figurino impecável.

Japan-japan-band-25249108-500-387

Agora sim, a banda era notada na Inglaterra, com pequenos hits nos clubs undergrounds e os new romantics adorando suas músicas.

Logo, eles assinam com a Virgin e relançam ‘Quiet Life”, que atinge o top 40 da parada inglesa.

japan-gentlemen-take

Seu próximo disco é lançado em 1980, “Gentlemen take polaroids”, cuja faixa-título originou o clipe abaixo:

O Japan voltava ainda mais sofisticado e elegante, tanto no visual como no som, com um art-pop de primeira linha, como vemos em “Nightporter”:

Também vale a pena destacar “Methods of Dance”, aqui numa apresentação ao vivo no Hammersmith Odeon de Londres:

japan tin drum

Em 1981, eles lançam o disco “Tin Drum”, seu último disco de estúdio como Japan (que agora era um quarteto, com a saída de Dean) e que origina três singles que chegaram ao topo:

‘Ghosts”, que foi o maior sucesso da carreira deles, chegando ao quinto lugar na Inglaterra

Além de “Art of Parties” e ‘Visions of China”:

“Tin Drum” mostra ser um álbum muito especial, com influências funky e principalmente asiáticas, colocando o Japan na linha de frente do pop, inovadores e artísticos ao extremo.

japan7

Justamente quando eles atingem o auge de seu sucesso comercial, Sylvian e Karn tem um sério desentendimento: a namorada de Karn, Yukka Fujii, abandona este e se muda para a casa de Sylvian. Foi o estopim para que a banda declarasse o seu fim e cada um partindo para projetos solos.

Japan-japan-band-25249104-500-344

Porém, mesmo depois da separação, é lançado o álbum ao vivo, ‘Oil on Canvas”, em 1983, que acaba atingindo o quinto lugar na parada de álbuns na Inglaterra.

japan1

Sylvian se une a Ryuichi Sakamoto (na época , membro da Yellow Magic Orchestra)e lança com ele alguns trabalhos como em ‘Bamboo Houses’ (1982) e “Forbidden Colors” (1983), além de ter uma carreira solo de sucesso com discos de belas sonoridades.

japan collection_fanlibrary

Karn se torna um músico disputado para colaborar com diversos artistas que incluem Kate Bush, Gary Numan, Midge Ure e Peter Murphy (com quem ele forma o duo “Dali’s Car”).

Barbieri e Jansen lançaram álbuns solos e gravaram juntos como The Dolphin Brothers.

JAPAN-japan-band-24799963-480-389

Barbieri também veio a participar do Porcupine Tree, que teve êxito no circuito alternativo nos anos 90.

Em 1990, os quatro, Sylvian, Karn, Jansen e Barbieri, voltaram a se reunir como o Rain Tree Crow, que lançou um autointitulado álbum em 1991, bem recebido pela crítica musical.

EPSON scanner image

 

Abaixo, um vídeo de Sylvian interpretando uma canção do Rain Tree Crow, “Maria”, no Times Zone Festival, em 1995:

Porém, o projeto só durou mesmo um disco, pois eles voltaram a se desentender.

Em 2011, Karn perde uma batalha contra o câncer e vem a falecer.

japan9

Uma reunião do Japan agora é uma situação muito distante e difícil de acontecer, mas fica as lembranças de uma banda a frente de seu tempo, que teve um reconhecimento tardio, mas que não deixa de ser uma das grandes surpresas do pop – com som altamente refinado e de extremo bom gosto.

   Comentário RSS Pinterest   


1 Comment