Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: JOY DIVISION POR ARTHUR MENDES ROCHA – Japa Girl












































































    Billy Rodolpho, family’s youngestMama Nature is finally happy 🌈Tigre: precisa de lar temporário ou definitivo . ZL/SP/E.Matarazzo
Filhote de +ou- 4 meses de idade.,
Já foi medicado com vermifugo e simparic.
Está bem, se alimentando normalmente, pulmões limpos, temperatura normal. 
Quem pode oferecer um lar definitivo ou temporário para ele?
Vamos dar todas as medicações, só não temos como abrigar pois estamos lotadas de bichos.
Ele precisa sair do terreno para ser devidamente tratado.
Divulguem por favor
Contato (11) 982548962.Agatha Luna e AmeriquitaEncontrei essa cachorra, com mais de 10 anos, castrada, com uma cirurgia ainda cicatrizando na região torácica, cheia de moscas e pulgas, na pracinha em frente ao colégio Santa Cruz, região de Pinheiros. Muito fraca, está pele e osso. Internei no @citvet por 24 hrs, está inteira, sem anemia, sem infecção, fígado e rins bons! Acredito que fugiu! Por favor me ajudem compartilhando, deve ter um dono procurando por ela. Por hora, colocamos o nome de Angelita. #cachorraperdida #procurasecachorroHoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: JOY DIVISION POR ARTHUR MENDES ROCHA

Mesmo tendo uma curta existência, o Joy Division foi uma das bandas mais influentes do pop moderno; seu som inovador e os vocais sofridos de Ian Curtis deixaram a sua marca para sempre na música.

Joy-Division1A banda se originou em 1976, em Manchester, quando os amigos Bernard Summer e Peter Hook ficaram tão impressionados com um show do Sex Pistols e viram que para formar uma banda, bastava enfiar as caras e fazer, comprar os instrumentos e experimentar até criar o seu próprio estilo.

joy_division2

Na tentativa de arranjar um vocalista, eles colocam um anúncio na loja de discos Virgin para recrutar um, e quem acaba respondendo (o único por sinal) é justamente Ian Curtis.

O primeiro nome escolhido foi Warsaw, mas existia outra banda com o nome parecido e eles optaram pelo nome Joy Divison (Divisão da alegria), inspirado em uma passagem do livro “House of Dolls”, escrito por Ka-tzetnik 135633, onde o autor se refere com este nome a  um grupo de prostitutas que entretinham os nazistas.

joy-3

No primeiro EP da banda, ‘An Ideal for living” (hoje raríssimo de ser encontrado), a capa se refere à juventude nazista, com um jovem tocando um tambor (desenhado por Summer) e o som é bem cru, bem punk mesmo.

Joy-Division---+---Singles-1978-80-(CD-01-Warsaw--Leaders-Of-Men)---Front

A existência do Joy Division foi uma das mais rápidas, já que Ian Curtis cometeu o suicídio em 1980, quatro anos depois que a banda começou.

Tony Wilson é outra figura essencial para banda, pois fundou a Factory Records, foi o primeiro a apostar na banda e ver o seu potencial. Ele até mereceu um filme a seu respeito, ’24 hour party people”.

A trajetória do JD é cheia de histórias, fatos que foram sendo elucidados com o tempo, mas ninguém nuca saberá o que levou Curtis ao suicídio, mesmo que ele sofresse de depressão, epilepsia e tivesse uma alma torturada e dividida entre dois amores (sua esposa Debbie e a amante Anik), além de uma filha.

joy-division-ian-curtis

Segundo Summer, Ian estava nos extremos da vida, ele chegou a trabalhar em centros de reabilitação e uma de suas músicas mais famosas “She’s lost control’ (do álbum ‘Unknown Pleasures”) foi inspirada em uma jovem que frequentava o centro em busca de trabalho:

Curtis foi quem apresentou à banda, álbuns que ele gostava como os do Kraftwerk e os de David Bowie produzidos por Brian Eno, o que fez Summer começar a utilizar sintetizadores em músicas como ‘I Remember nothing”.

Curtis já foi tema de inúmeros livros, ensaios e até de um filme: ‘Control’, dirigido por Anton Corbjin (o diretor famoso por videoclipes), filme em preto e branco, soturno, lento e que é um belo retrato sobre este artista incompreendido. Abaixo uma cena do filme, com atores no lugar da banda interpretando ‘Dead Souls”:

Para fazer este post, reli várias entrevistas com a banda, de como os demais integrantes não se deram conta que Curtis poderia ter feito o que fez, onde eles erraram, o quanto ele havia dado pistas em suas letras e que na época eles não perceberam, enfim, mas uma coisa é certa: Curtis sempre parecia deixar a impressão de que ele estava bem, ela não queria preocupar ninguém e não fazer alarde à sua pessoa.

JOY---IanCurtis2

Um dado interessante é que as letras, todas feitas por Curtis, tinham influências de autores como William Burroughs e J. G. Ballard, mas a banda sequer lia as letras e achavam que elas combinavam com as músicas (na maioria escritas por Summer), mas estas mostravam temas como culpa, raiva, medo, claustofobia até um curioso fatalismo.

joy-division-ian-curtis-3-pics-manchester-79

O Joy Divison gravou apenas dois álbuns: “Unknown Pleasures” e ‘Closer’ e ambos entraram para a história da música como álbuns impecáveis, criando um som característico, que ninguém na época fazia, já abordava  temas que não costumavam ser abordados pela música pop; eles não eram uma banda punk, o punk fala de dentro para fora, da realidade social, enquanto o som do Joy busca um diálogo interno. Era um gótico mais dançante, tudo isto encorpado pela instrumentação.

joy-4

Inclusive, o produtor destes dois discos, Martin Hannett procurou tornar a banda em estúdio como se estivessem em um sonho, com a sensação de estar em suspenção, de estarem presos em uma trama complexa, perdendo até um pouco da ‘sujeira”, da empolgação das apresentações ao vivo, mas que agradou em cheio todos os admiradores que a banda conquistou.

Abaixo eles interpretam ‘Disorder” do álbum ‘Unknown Pleasures”:

Em depoimentos dos membros restantes, eles criticam esta decisão do produtor, mas acabam reconhecendo que isto ajudou a criar o mito que se tornou o Joy Division, com toda a melancolia e a profundidade deles.

joy-5

Hannett colocava sintetizadores e efeitos sonoros como garrafas quebrando, barulhos de alguém mastigando batatas fritas, guitarras com o som ao contrário. Inspirado por bandas como The Doors, The Velvet Underground, Throbbing Gristle, e muitas outras, o produtor procurou trazer aos estúdios todo o seu conhecimento musical.

As capas de ambos os discos são bem darks e tornaram-se ícones gráficos;  idealizadas por Peter Saville, elas refletem justamente o que a banda é, imagens fortes, contrastantes.

joy-6

Em ‘Unknow Pleasures”, ele utiliza imagens baseadas em ondas de rádio e somente isto na capa, a imagem do branco no preto e as informações apenas dentro do álbum (inclusive o nome da banda).

joy---unknown

Um dos destaques era “Shadowplay”:

Logo após este álbum, a banda lança o single “Transmission”:

O segundo disco “Closer” só foi lançado após a morte de Curtis, e a capa, escolhida pelo próprio Curtis, não pode ser mais pessimista (e linda ao mesmo tempo), com uma imagem de um túmulo de um cemitério italiano, em Genova, com concepção de Saville, tudo branco e a imagem em p&b.

Joy-Division-Closer

Segundo a própria definição de Hook, “Closer’ é a trilha sonora da distância; a distância do primeiro e do segundo álbum, a distância entre os pontos, entre as pessoas, de estar junto ou sozinho.

Por incrível que pareça, o maior sucesso comercial da banda, a música ‘Love Will tear us apart’, foi lançada apenas como single e também após a morte de Curtis e mostra justamente o momento em que Curtis vivia dividido, confuso, sofrendo de ataques epiléticos e dependente de drogas.

Outro disco lançado após a morte de Curtis foi ‘Still”, com músicas que não haviam sido lançadas, sobras de estúdio e faixas ao vivo. O título refere-se a algo que continua (mas que na verdade não continua) e baseia-se numa frase do livro ‘Herzog” de Saul Bellow e também refere-se ao cineasta Werner Herzog, a cujo filme ‘Stroszek”, Curtis assistiu antes de se suicidar.

JoyDivision-Still

Depois que o Joy Division terminou, os integrantes remanescentes criaram o New Order, outra excelente banda que está na ativa até hoje, de grande sucesso comercial e mesmo que com alguns ressentimentos entre eles.

A morte dele gerou comoção entre seus fãs e muito da atitude pessimista, dark, gótica do início da década de 80, foi também atribuído à seu trágico desaparecimento.

joy---ian-curtis-4

Só com isso, o Joy Division já entrou em lugar de destaque no pop mundial, com uma adoração e uma legião de seguidores que permanece até hoje.

Sem o Joy Division, toda uma geração de bandas do pós punk, do pop depressivo dos anos 90 e mesmo das bandas mais modernas, jamais existiriam.

   Comentário RSS Pinterest   


1 Comment
  1. O que etá mais próximo de ter causado a depressão que levou Curtis ao suicídio na cozinha, foi uma serie de erros nas prescrições de seus medicamentos que acabaram levando-o a usar sulpiride que causa letargia sexual, as “divisões” de sua vida exigiam estímulo sexual mas seu médico fez o oposto e isso o destrui psicologicamente, com duas mulheres e com essa negatividade causada sexualmente pela mediicação, o que lhe pareceu mais certo foi a morte e ele se suicidou , uma percentagem alta de suicidios existe no mundo em todos os casos de depressão e melancolia, anti convulsivantes para epilepsia tem que ser coadjuvados por benzodiazepinicos ou seletores de serotonina que converjam sua ação para refazer um equilíbrio bio-químico que não seja fatal