Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: OS 30 ANOS DE “LOW LIFE” DO NEW ORDER – Japa Girl



























































                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: OS 30 ANOS DE “LOW LIFE” DO NEW ORDER

Um importante disco da música pop de qualidade completa 30 anos neste ano: o disco ‘Low life” do New Order, lançado em 1985.

New_order_low_life_1433158215_crop_550x545

O New Order iniciou sua trajetória logo após a morte de Ian Curtis, o lendário vocalista do Joy Division, que se suicidou no ápice da carreira.

Além de Curtis, estavam no Joy Division, Bernard Summer (vocais, guitarra e sintetizadores), Peter Hook (baixo e sintetizadores), Stephen Morris (bateria, sintetizadores e bateria eletrônica).

new order low japan

Eles convidaram mais Gillian Gilbert (sintetizadores e guitarra), e formaram o New Order, em 1980.

Os primeiros discos do New Order, “Movement” e “Power, Cortruption & Lies”, são discos de transição, já que a banda ainda vivia sob o fantasma de Curtis, lhes dando um som soturno, mais dark, lindo e sofrido na mesma medida.

new order 1

Lembro que na época que ‘Low Life” foi lançado, ele sacudiu com todo mundo, pois o New Order entrava numa nova fase, mais feliz, dançante ao extremo, com músicas tão bem-feitas para serem curtidas e dançadas na mesma intensidade.

O disco demorou um pouco para sair no Brasil, mas o irmão de um amigo o trouxe antes da Europa e eu e minha turma (naquela época new wave total) ficamos loucos, só queríamos saber de escutar aquele disco de capa branca e preta.

new order5

O design de Peter Saville (o designer responsável pelas capas da gravadora Factory) já vinha inspirador: o disco tinha na capa uma foto p&b de Stephen Morris de um lado e do outro Gillian Gilbert em looks pós-punk. Na versão importada havia uma cinta de papel manteiga onde estava escrito New Order na frente e atrás servia como informação das faixas.

Na parte de dentro do disco, o vinil vinha em outro encarte, desta vez com as fotos de Summer e Hook. Este é o único disco deles que possui a foto de todos eles.

new order low2

Bom, eu sei que o álbum virou a nossa trilha para dançar durante um bom tempo, já que todo ele é maravilhoso.

Tudo começa com Love Vigilantes, que parece um country eletrônico, ela é um lamento na voz de Summer na qual um homem quer se reunir de volta com a família. ‘I want to see my family…”, assim ele cantava no refrão que abria o álbum.

Segundo Summer, esta é o mais próximo que ele conseguiu de compor uma canção ‘redneck” (caipira).

Logo em seguida, “Perfect Kiss”, a minha música preferida do New Order, mesmo em sua versão reduzida de 04:48 minutos, já que haviam lançado esta canção como single com sua duração original de mais de nove minutos.

new order low

Mas como o New Order nunca nos deixa na mão, a banda compensou com o clipe, com mais de 10 minutos de duração e sob a direção de Jonathan Demme (“O silêncio dos inocentes”, “Stop making sense”). Nele a banda está bem à vontade, fazendo uma jam no estúdio, com direito a um plano com a imagem de Curtis, como se este estivesse assistindo o ensaio, numa imagem meio apagada, sublime:

 “Sunrise” era outra faixa que agradava em cheio esta fase, a new wave vinha deixando espaço para algo mais, um synth-pop cada vez mais eletrônico, com batidas fortes, sintetizadores nervosos, guitarras cortantes. Aqui vemos a música numa rara versão no programa Whistle Test, prestem atenção na empolgação da plateia.

Segundo Hook, ele considera este um de seus melhores baixos, um de seus grandes riffs.

A Inglaterra atravessava fase difícil, muitas greves, trabalhadores sofrendo sob o domínio de Margaret Thatcher e o New Order era um sopro de liberdade, de puder extravasar a pressão do dia a dia numa pista de dança.

new order 2

A faixa ‘Elegia’ é uma grande homenagem a Ian Curtis, lançada primeiramente numa versão de mais de 17 minutos, ele teve de ser diminuída para poder ser incluída no álbum. A música é um primor, uma impactante versão instrumental inspirada em Ennio Morricone (o seminal compositor dos spaghetti-westerns italianos), principalmente em “The Trio”, do filme “The Good, The Bad & the Ugly”:

Outra das minhas favoritas do disco é “Sooner than you think”, música que foi mostrada ao público inglês pela primeira vez num especial para a BBC de 1984, onde a banda está super a vontade, com visual bem praiano, cores alegres, longe do darkismo que imperava na época.

O single escolhido para ser o segundo do álbum foi “Sub-Culture”, animada e com pegada disco, esta música afastava de vez os que buscavam um New Order mais dark. A capa do single foi uma das únicas que Peter Saville se recusou a criar uma capa decente, pois ele detestava este single.

new order sub-culture

O disco encerra com ‘Face-Up”, grande música que não teve o reconhecimento merecido na época e que merecia um single. A track é puro New Order, sintetizadores animados preparam o terreno para guitarras e baterias em perfeita sintonia com o vocal de Summer.

Naquele mesmo ano de 1985, eles sairiam em turnê, cujo nome seria o de uma das faixas de ‘Low Life”, “Pumped full of drugs” (que no disco mudou para “This time of night”).

New-Order

“Low Life” é um disco fundamental para uma discografia brilhante que é a do New Order nos anos 80; passado e presente se misturavam para dar fruto a um futuro diferente para a banda, com sua mistura de pop, disco, rock, o álbum mostrava o destino para onde iria a banda, realizando um dos melhores discos dance da década.

 

   Comentário RSS Pinterest