Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: THE SKATALITES POR ARTHUR MENDES ROCHA – Japa Girl












































































    Unforgetable veggie lunch exxxperience!
Thank you so much @saporebrasil @pietroleemann @lideresempreendedores 
Risoto com aspargos verdes e abóbora, contraste de mousse de couve-flor defumada e arroz silvestre crocante.Happy Sunday!
Plantio de mais de 320 árvores nativas da nossa Mata Atlântica para #florestadebolso de Ricardo Cardim. @fabricadearvores 😉RIP #leeradizwill and #rudolfnureyev 🖤🖤Wake up, Mthrfckrs! 
#10yearchallengeHappy Halloween from Vampirina 🖤“The Proposal” ( between 1880 - 1889) by Knut Ekwall (Swedish - 1843 - 1912)Full purple bloom galore!
#flordesaomiguel #violeteira #ravenala #kaizukaPapa Pirate & Mama Mermaid
#agathalunaJust opened! #cattleyaThe Death of Cleópatra 
Jean Andre Rixens - 1874

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: THE SKATALITES POR ARTHUR MENDES ROCHA

A maioria dos integrantes originais dos Skatalites já não existe mais, mas a banda continua com novos integrantes e até hoje eles espalham o ska da Jamaica para o mundo com muito ritmo e musicalidade.

skatalites---foto-1

Os Skatalites foi formado em 1964, na Jamaica, por músicos top jamaicanos como Tommy McCook (sax tenor/flauta), Rolando Alphonso (sax tenor), Lloyd Brevett (baixo), Lloyd Knibb (bateria), Lester Sterling (alto sax, o único membro original vivo), Don Drummond (trombone), Jan Jerry Haynes (guitarra), Jackie Mittoo (piano) e Johnny Moore (trompete).

skatalites---foto-1a

Eles se conheceram na Alpha Boys School, uma escola militar que também treinava músicos e de onde saíram para formar o Skatalites, cujo nome é originado de uma mistura entre o estilo, ska, com a palavra satélite (satallite em inglês).

skatalites---logo

O legal é que toda vez que uma big band precisava de músicos, eles recrutavam da escola, logo, todos eles tiveram este treinamento de participar de uma banda tocando desde boogie-woogie blues até R&B, jazz, calypso e ritmos africanos.

O Skatalites foi uma das primeiras bandas originais de ska jamaicano.

skatalites---foto-2

Por volta de 1964, a Jamaica estava mudando, a vibe era intensa, o famoso Studio One ainda estava nos primórdios, mas já havia a força do espírito rasta e o desejo de liberdade (a Jamaica era colônia da inglesa até 1962).

Assim, a teoria da escola Alpha mais os elementos do jazz e da liberdade Rasta influenciavam os Skatalites, mais o apoio espiritual de Count Ossie e sua trupe de tambores.

skatalites-foto-2a

Foram nas montanhas que os futuros Skatalites e o Count Ossie passaram algum tempo treinando, tocando tambores e vivendo em um campo rasta.

As primeiras canções dos Skatalites foram gravadas de uma vez só no Studio One e entre elas estava ‘Simmer down”, que eles gravaram ao lado dos Wailers (incluindo a participação de Bob Marley):

The Skatalites acompanharam alguns dos maiores músicos jamaicanos, além de Bob Marley & the Wailers, como Peter Tosh, Jimmy Cliff, Toots & the Maytals, Desmond Dekker, Lee Perry, entre outros.
Foi na primavera de 1964 que os Skatalites gravaram seu primeiro álbum: “Ska Authentic”, como o próprio nome diz, eles foram os pioneiros do ska made in Jamaica com músicas como “Four Corners” e “Exodus”:

Entre os produtores estavam Clement ‘Coxsone” Dodd, Duke Reid, Prince Buster, entre outros.

No outono de 1964, a composição de Don Drummond, “Man in the street” atingiu o primeiro lugar na parada inglesa, um grande feito para uma banda que até então era desconhecida fora da Jamaica.

Em 1965, eles entram novamente no top 40 inglês para sua versão de “Guns of Navarone”, uma adaptação ska para a múisca do filme “Os canhões de Navarone”:

Drummond teve uma trágica trajetória: talentoso músico e grande conhecedor de jazz, ele se envolveu com uma mulher e acabou a matando em um ataque de ciúme, sendo internado e depois falecendo num asilo.

Depois disso, os Skatalites acabam se separando em dois supergrupos: Rolando Alphonso and the Soul Vendors e Tommy McCook and the Supersonics.

skatalites---foto-4

Em 1974, eles se reúnem novamente em estúdio nas sessões de gravação do álbum solo de Lloyd Brevett, mas ele acaba virando um álbum dos Skatalites intitulado ‘African Roots”.

Em 1979, eles gravam um disco idealizado por Chris Blackwell, o fundador do selo Island, mas que acabou nunca sendo lançado.

Entre 1985 e 1988, alguns de seus integrantes se mudam para os EUA e obtém cidadania americana e neste meio tempo lançam o álbum “Stretching out”, mostrando a banda em grooves hipnóticos, com influências de R&b e extremamente dançantes, incluindo ‘Latin goes ska”, abaixo numa apresentação no festival Reggae Sunsplash.

No final dos anos 80, eles acompanham a turnê de Bunny Wailer e no início dos anos 90, continuam a excursionar pelos EUA.

Nos anos 90, eles continuam a lançar discos, concorrem ao Grammy, fazem turnês até que no final da década perdem dois importantes integrantes: McCook e Alphonso, ambos vêm a falecer por problemas de saúde.

skatalites---foto-3

Mesmo assim, lançam músicas como ‘Have a good time”, versão ska para um sucesso de Al Green:

Em 2002 eles fazem uma grande turnê mundial, com alguns novos integrantes, e em 2004 comemoram os 40 anos com outra turnê.

Mais dois membros vêm a falecer entre 2011 e 2012: Knibb e Brevett.

Em 2012, eles lançaram seu último disco até agora, “Walk with me” e este ano de 2014, os Skatalites completam cinqüenta anos de dedicação ao ska e ao reggae, tornado estes ritmos conhecidos e admirados no mundo inteiro.

   Comentário RSS Pinterest