Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
Today’s Sound: the Velvet Underground por Arthur Mendes Rocha – Japa Girl












































































    Wake up, Mthrfckrs! 
#10yearchallengeHappy Halloween from Vampirina 🖤“The Proposal” ( between 1880 - 1889) by Knut Ekwall (Swedish - 1843 - 1912)Full purple bloom galore!
#flordesaomiguel #violeteira #ravenala #kaizukaPapa Pirate & Mama Mermaid
#agathalunaJust opened! #cattleyaThe Death of Cleópatra 
Jean Andre Rixens - 1874How sundays should be ✨❤️✨About the happiest Easter ever!
Special thanx @marciosleme @milplantas🖤

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

Today’s Sound: the Velvet Underground por Arthur Mendes Rocha

O post de hoje é dedicado a uma das grandes bandas que tiveram influência definitiva sobre todo o movimento punk que surgiu depois deles, bem como continuam a exercer seu fascínio sobre as bandas modernas: o Velvet Underground.



No final dos anos 60, quando o movimento hippie pregava paz e amor, o Velvet ia em outra direção, usando preto, óculos escuros grandes, as letras tinham influências literárias, sadomasoquismo (o nome vem de um livro sobre isto), drogas…tudo isto foi capitaneado pelo  grande visionário e mestre na maneira de promover tudo isto: Andy Warhol. A banda era o máximo da vanguarda nova-iorquina da época, lançaram moda, estilo, reunindo-se em torno do ateliê de Andy, a Factory (que reunia as figuras mais underground da época) e o Max’s Kansas City (espécie de bar/casa de show). A banda em sua formação clássica era composta por John Cale (baixo), Lou Reed (guitarra e voz), Sterling Morrison (guitarra) e Maureen Tucker (bateria).

Ao grupo juntou-se também a figura mítica de Nico, uma ex- top model de voz rouca, linda, perturbada, viciada em drogas, atriz nas horas vagas (até fez ponta na “Dolce Vitta” de Fellini e foi musa do cineasta Phillipe Garrel).

A entrada de Nico no grupo foi uma espécie de imposição de Warhol e assim o primeiro álbum da banda é o  clássico disco da banana na capa (feita por ele) chamado apenas de “Velvet Underground & Nico”, em 1967.

O disco é considerado um dos grandes discos do rock de todos os tempos (na lista da Rolling Stone ele aparece na posição 13) e tinha músicas como “Heroin”, “Waiting for the man”, “Venus in Furs”,”All tomorrow’s parties”, “Femme Fatale”:

Mas a influência de Warhol duraria apenas nestes primeiros momentos, tornando os shows da banda verdadeiros happenings de imagens, projeções, luz, dança e utilizando-os também em filmes experimentais, este evento  ficou conhecido como “Andy Warhol’s Exploding Plastic Inevitable”.

Lou Reed tinha a capacidade de pegar um violão e fazer música sobre qualquer tema, é um ótimo letrista e tem uma carreira solo de sucesso até hoje.

John Cale tinha formação clássica e era o responsável pelos arranjos e todo o experimentalismo musical da banda ( ele saiu logo após o lançamento do segundo disco “White Light/White Heat”).

A banda fez poucos discos (quatro álbuns de estúdio, e dois ao vivo, fora coletâneas) e terminou em 1971 com a saída de Lou. Eles voltaram a se reunir para um álbum ao vivo em 1993.

Segundo Henry Rollins, o Velvet fazer músicas com temas como arte, heroína, morte no meio da atmosfera de sentir-se bem que os hippies pregavam, é uma atitude punk rock total.



   Comentário RSS Pinterest