Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
TODAY’S SOUND: TWILIGHT ZONE POR ARTHUR MENDES ROCHA – Japa Girl












































































    Hoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!Gigante pela própria natureza e pela própria ignorância 🇧🇷Precisamos ir para a rua protestar urgente!!! Profundamente abalada com a destruição de lugares sagrados, lugares que sustentam a Vida neste planeta! Todos vão sofrer as consequências desse desmatamento e queimadas! Árvores de 500 anos já eram! Estão encontrando animais queimados, jamais estudados ou conhecidos pelo homem! Estamos sentenciando nossa existência. #prayfortheamazonÉ com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?Unforgetable veggie lunch exxxperience!
Thank you so much @saporebrasil @pietroleemann @lideresempreendedores 
Risoto com aspargos verdes e abóbora, contraste de mousse de couve-flor defumada e arroz silvestre crocante.Happy Sunday!
Plantio de mais de 320 árvores nativas da nossa Mata Atlântica para #florestadebolso de Ricardo Cardim. @fabricadearvores 😉

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

TODAY’S SOUND: TWILIGHT ZONE POR ARTHUR MENDES ROCHA

Uma série que mudou os conceitos da televisão para sempre, acrescentado terror, fantasia, ficção científica e surrealismo como nunca se tinha visto: estamos falando de “Twilight Zone” (Além da Imaginação).

twilight-zone.foto1

“Twilight Zone” foi lançado na TV americana no final dos anos 50, mais precisamente em 1959, sob a concepção de Rod Serling.

Tudo começou quando ele preparou um roteiro chamado ‘Time Element’ para a TV que Alfred Hitchcock queria produzir, mas a CBS se interessou e o adquiriu.

twilight---the-time-element

O roteiro falava de uma viagem ao tempo, uma interessante estória sobre um cara normal que volta ao passado, para Honolulu, durante os ataques de Pearl Harbour.

twilight-foto-5

Este roteiro acabou sendo engavetado e redescoberto por outro produtor, Bert Granet, que imediatamente entrou em contato com Serling.

Eles produziram o roteiro e estava lançado o embrião de “Twilight Zone’, com forte influência dos programas de rádio da época.

twilight-zone---foto-3

Eu lembro que a primeira vez que vi a série na TV quando reprisavam à noite, eu ficava apavorado, muitas vezes com medo do que pudesse acontecer,  já que a série abordava os mais diferentes temas com estórias diferentes de tudo que se via na época.

A abertura já era de arrepiar, com o seu tema original e que já nos levava a outra dimensão:

Sem ‘Twilight Zone”,  jamais existriam séries como “Arquivo X”, “Twin Peaks”, Fringe”, e muitas outras.

A série era narrada por Rod Serling, com sua presença forte e voz marcante. Abaixo ela apresenta o primeiro episódio da série:

Foram muitos episódios exibidos nas primeiras temporadas do programa, produzidos entre 1959 e 1964, num total de cinco temporadas originais e um total de 156 episódios.

Um dos fatos mais legais do programa é que eles falavam da situação política da época encoberto pela fantasia, ou seja, faziam críticas à sociedade e mascaravam através de alegorias, fazendo fortes críticas a temas como a guerra nuclear e o macarthismo, por exemplo.

twilight-zone---mosaico

Outro fator importante do seriado era a sua ficha técnica, composta de diretores, atores e atrizes que também despontariam nas telonas ou em suas próprias séries, podemos citar alguns como: Ida Lupino, Ron Howard, Burgess Meredith (o Pingüim do ‘Batman”), Rod Taylor (de ‘Os Pássaros”), Paul Mazursky, Vera Miles, Roddy McDowall, Sydney Pollack, Jonathan Harris (o Dr. Smith de ‘Perdidos no Espaço”), Peter Falk (de ‘Columbo”), Lee Marvin, Cloris Leachman, Robert Redford (em um de seus primeiros papéis), Leonard Nimoy (o Dr. Spock), Dennis Hopper (na foto abaixo), Robert Duvall, Julie Newmar (a Mulher Gato), Burt Reynolds, Mickey Rooney, James Coburn, Telly Savallas (o Kojak), Richard Donner, e muito mais.

twilight---dennis-hopper

Foram vários episódios incríveis e absurdos, contando as mais diferentes estórias, envolvendo alienígenas, viagens ao passado e ao futuro, pessoas que lêem mentes, visões, paranóias, medos, tudo contado de maneira que não sabemos mais distinguir a ficção da realidade.

Os finais de cada episódio da série sempre eram enigmáticos e surpreendentes.

Entre os episódios que se destacaram, podemos citar alguns como:

“Walking Distance” – homem percebe que voltou a sua cidade natal, só que nos seus tempos de infância, como era há vinte e cinco anos atrás.

“Escape Clause” – homem vende a sua alma ao diabo em troca de não ter mais doenças e ser imortal

twilight---escape-clause

‘Third from the Sun” – um cientista e um amigo tentam escapar de uma destruição nuclear na terra em uma nave

‘The Hitch-Hiker” – mulher que viaja sozinha em uma estrada, vê sempre o mesmo homem pedindo carona em vários lugares

twilight---the-hitch-hiker

“The Monsters are Due on Maple Street” – a vizinhança de uma rua desconfia que seus vizinhos são na verdade monstros vindos do espaço

“People are Alike All Over” – um foguete colide com Marte e o passageiro sobrevivente descobre que os marcianos são parecidos até demais com os humanos.

twilight-zone---people-are

“A World of his Own” – um escritor consegue fazer com que seus personagens ganhem vida

“A Thing About Machines” – um escritor recluso acha que as máquinas de sua casa estão se rebelando contra ele

twilight---a-thing-about

“The Invaders” – mulher encontra no sótão de sua casa dois pequenos alienígenas hostis que passam a atormentá-la. No elenco Agnes Moorehead ( a Endora de “A Feiticeira”).

‘A Penny for your Thoughts” – bancário tira a sorte na moeda e adquire a capacidade de ler a mente dos outros

‘The After-Hours – Anne Francis é uma mulher que, ao visitar uma loja de departamentos, descobre que os manequins da loja adquirem vida quando a loja fecha

twilight---after-hours

“The Midnight Sun’ – com a proximidade do Sol, a terra fica impossível de se viver devido ao calor e duas mulheres tentam sobreviver em uma cidade quase abandonada. O interessante é que ação se desenrola no dia 11 de setembro…

Um dos meus episódios favoritos é ‘Nightmare at 20.000 feet”, onde William Shatner (de “Jornada nas Estrelas”) é um passageiro que vê uma criatura esquisita, como se fosse um monstro da neve, na asa do avião em que está viajando, porém ninguém acredita nele.

Este episódio inclusive foi recriado na versão do filme para o cinema em 1983, com direção de diretores como Spielberg, John Landis, George Miller e Joe Dante, onde cada um dirigiu um episódio em homenagem á série que todos admiravam.

twilight-zone-foto-2

Porém, o filme ficou famoso por que em suas filmagens houve um estranho fato: um helicóptero perdeu a hélice e esta atingiu o ator Vic Morrow (pai de Jennifer Jason Leigh) e mais dois atores infantis, que morreram na hora.

Rod Serling sempre foi um ativista pelos direitos humanos, contra a guerra, as injustiças sociais e procurava passar isto em seus roteiros. Ele também foi um os co-roteiristas do filme “O Planeta dos Macacos”.

twilight-zone-rod-serling

Várias tentativas foram feitas para recriar a série, mas nenhuma chegou aos pés da original, com sua inventividade, seus temas, suas imagens surreais e que ficaram para sempre na memória de seus admiradores. 

twilight-zone---foto-4

Há boatos de um novo reboot da série, agora basta esperar para ver o que nos espera dentro deste mundo fantástico e inesperado da “Twilight Zone”.

   Comentário RSS Pinterest   


1 Comment
  1. The Twilight zone é uma das melhores séries já feitas, e infelizmente praticamente desconhecida no Brasil. Outra excelente série sci fi é The Outer Limits de 1963, que inclusive foi plagiada por vários filmes famosos.