Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
Luto das Borboletas – Japa Girl












































































    Encontrei essa cachorra, com mais de 10 anos, castrada, com uma cirurgia ainda cicatrizando na região torácica, cheia de moscas e pulgas, na pracinha em frente ao colégio Santa Cruz, região de Pinheiros. Muito fraca, está pele e osso. Internei no @citvet por 24 hrs, está inteira, sem anemia, sem infecção, fígado e rins bons! Acredito que fugiu! Por favor me ajudem compartilhando, deve ter um dono procurando por ela. Por hora, colocamos o nome de Angelita. #cachorraperdida #procurasecachorroHoje!!!
#climatestrikeLunatic Magic Beware...🦇 Theophile-Alexandre Steinlen “Chat au Clair de Lune”, c 1900Greve Global pelo clima - São Paulo, 20.9.2019! É de suma importância que todos participem dessa greve global. Acontece que a Amazônia, o Pantanal e o Cerrado, continuam queimando, numa destruição avassaladora, apesar da pressão feita até agora. Além disso, incêndios se espalham por diversos cantos do mundo, como Sibéria, Indonésia e o continente africano. Não podemos relaxar, enquanto mudanças significativas sejam aplicadas de fato.Emocionante! Nunca vi passeata igual, com tanta gente. Acordamos. Graças à Deus e Deusa. Não podemos mais permitir que isso aconteça as Florestas e aos Animais. Fora demônio #forasalles #sosamazoniaPor favor assistam!Gigante pela própria natureza e pela própria ignorância 🇧🇷Precisamos ir para a rua protestar urgente!!! Profundamente abalada com a destruição de lugares sagrados, lugares que sustentam a Vida neste planeta! Todos vão sofrer as consequências desse desmatamento e queimadas! Árvores de 500 anos já eram! Estão encontrando animais queimados, jamais estudados ou conhecidos pelo homem! Estamos sentenciando nossa existência. #prayfortheamazonÉ com profundo pesar, estão cortando uma pequena floresta de no mínimo 70 anos, que cresceu numa casa desocupada. Ainda que haja autorização da PMSP e compensação em outro local, como fica o entorno? Quem irá compensar os morcegos e periquitos que moram nessas árvores?Unforgetable veggie lunch exxxperience!
Thank you so much @saporebrasil @pietroleemann @lideresempreendedores 
Risoto com aspargos verdes e abóbora, contraste de mousse de couve-flor defumada e arroz silvestre crocante.

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

Luto das Borboletas

A mortal Psyche, tornou-se uma semideusa após ser arrematada pelo cupido (Eros) e percorrer um caminho repleto de altos e baixos.

Representada, geralmente, por uma linda mulher com asas de borboleta.

Os significados do seu nome são dois:

O primeiro deles é alma, o segundo é  borboleta, que simbolizava o espírito imortal.

As crenças gregas populares concebiam que quando o espírito se desgarrava do corpo, ele tomava a forma de uma resplandecente borboleta.

Psyche

Psyche & the Cupid by William Bouguereau

Eram adoradas religiosamente pelos Astecas e Incas, onde criavam esses seres nas antecâmaras mortuárias.

Na mitologia asteca, Itzpapalotl ("Borboleta com garras" ou "Obsidian Butterfly") era uma deusa guerreira temível com cabeça esquelética e corpo de borboleta, que governou o mundo paraíso de Tamoanchan, o paraíso das vítimas de mortalidade infantil e local identificado onde os seres humanos foram criados.

Mitologia Asteca, a deusa guerreira associada as borboletas: Itzpapalotl

Já a idéia da reencarnação védica foi criada quando o Deus hindu, Brahma, assistiu larvas se transformarem em borboletas.

Em túmulos do Antigo Egito, há imagens de Borboletas que cobrem as paredes.

Borboletas-Tigre na Tumba-Capela de Nebamun. Late 18th Dinasty, por volta de 1350 AC

Por volta de 1680, na Irlanda, as pessoas foram proibidas de matar Borboletas brancas, porque os irlandeses acreditavam que as Borboletas carregavam as almas das crianças.

Na década de 1990, Borboletas brancas foram encontradas nas celas da prisão de condenados chineses que se converteram ao budismo antes de serem condenados à morte.

O fascínio e encantamento com este mágico inseto que representa, universalmente, a imortalidade é cultuado morto nas asas dos desejos de humanos que compram quadros, relógios, brincos, biombos, tampos de mesa e até mesmo tampo de vaso sanitário, decorados com uma infinidade de espécies tropicais de borboletas verdadeiras, em corpo e asa.

Além da decoração de gosto duvidoso, são dadas como brindes corporativos e presentes de casamento.

Na China e Japão elas são dadas em duplas representando a felicidade do Matrimônio.

Para se ter uma idéia, para a fabricação de um único tampo de mesa de 2mx2m, são utilizadas aproximadamente duas mil asas.

As borboletas muito procuradas e cada vez menos encontradas são coletadas e preservadas em recipientes hermeticamente fechados em cristal ou acrílico transparente.

Eles são montados sobre cavilhas e depois moldado.

Isto é conhecido como a “arte das borboletas exóticas”.

Garantir a “beleza” deste hediondo artesanato requer uma técnica especial para matar estas flores voadoras: Ainda vivos, os machos são mergulhados em um tipo de solvente de tinta, que elimina os parasitas garantindo a perfeição das formas.

Depois, eles são conservados com naftalina para uso posterior.

Lembranças do mau-gosto brasileiro

Lembranças do mau-gosto brasileiro 2

No Brasil, a prática é permitida pelo IBAMA desde que sejam borboletas de criatório e que tenham completado o seu ciclo de vida. Sabemos que não acontece bem assim.

A criadora de borboletas E.V.  58, produz até 3.000 borboletas por mês para artesanato, dependendo da época do ano. “Miami, São Paulo e Rio de Janeiro são nossos mercados”, conta.

“Muitos criticam nosso trabalho, mas, se as borboletas ficassem na natureza, os predadores comeriam. Além disso, doamos casulos para escolas.” Declara E.V. sem culpa alguma.

O Canadá também compra anualmente, centenas de milhares de Borboletas.

O polêmico artista plástico britânico Damien Hirst  usou nove mil borboletas para compor o  quadro “In and Out of Love”, colocada à mostra na Tate Modern, famosa galeria de arte londrina.

A obra consistiu em paredes com nove mil borboletas ainda vivas prendendo-se uma a uma até morrerem na tinta que cobria tais paredes.

O tema recorrente da obra de Hirst é a morte, mas será que matar animais para servir este propósito é realmente válido?

Damien Hirst - In and Out of Love

Dener Giovanini, 32, coordenador-geral da Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres afirma: “A criação comercial não funciona. A legalização criou um mercado negro, porque os borboletários não suprem a demanda. Os comerciantes continuam comprando borboletas ilegais, especialmente as ameaçadas de extinção.”

Dener diz que, no Rio Grande do Sul e no Paraná, as crianças recebem até R$ 2 por exemplar capturado, dependendo da espécie.

No Amazonas, algumas custam até US$ 400.

Em 2000, Itápolis (SC) estavam aliciando crianças desfavorecidas economicamente,  para capturar borboletas em áreas preservadas na área rural.

Pela manhã, bem cedinho, colocavam os pequenos em Kombis velhas e as conduziam até os matagais.

Suscetíveis a outras maldades humanas, as crianças apresentaram uma evasão escolar de até 30% em algumas turmas, faltando às aulas para passar o dia inteiro no mato caçando borboletas e, assim, gerar renda para a família.

Isto mesmo, comprar este artesanato feito de coloridos cadáveres, também promove o trabalho infantil, tráfico de animais, além do desequilíbrio ecológico, logicamente, que afeta todo sistema.

Quer borboletas? Por amor, plante flores.

   Comentário RSS Pinterest