Warning: include_once(wp-includes/images/pin.png): failed to open stream: No such file or directory in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening 'wp-includes/images/pin.png' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/japagirl/public_html/blog/index.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/japagirl/public_html/blog/index.php:2) in /home/japagirl/public_html/blog/wp-content/plugins/instagrate-to-wordpress/instagrate-to-wordpress.php on line 48
ObjECOS – Japa Girl












































































    RIP #leeradizwill and #rudolfnureyev 🖤🖤Wake up, Mthrfckrs! 
#10yearchallengeHappy Halloween from Vampirina 🖤“The Proposal” ( between 1880 - 1889) by Knut Ekwall (Swedish - 1843 - 1912)Full purple bloom galore!
#flordesaomiguel #violeteira #ravenala #kaizukaPapa Pirate & Mama Mermaid
#agathalunaJust opened! #cattleyaThe Death of Cleópatra 
Jean Andre Rixens - 1874How sundays should be ✨❤️✨About the happiest Easter ever!
Special thanx @marciosleme @milplantas

                
       
















bloglovin



CURRENT MOON

ObjECOS
Binary Chair: A superfície da cadeira é completamente coberta com uma colagem de placas-mãe, chips de computador, telas de LCD e discos de disco rígido mantidos no lugar por meio de parafusos de metal de folha.

Binary Chair: A superfície da cadeira é completamente coberta com uma colagem de placas-mãe, chips de computador, telas de LCD e discos de disco rígido mantidos no lugar por meio de parafusos de metal de folha.

Chegou o tempo que objetos de design são acessíveis para todos que se dispõe a tornar o dia-a-dia mais bonito com sustentabilidade, criatividade e capricho.

dc3266c382e64cee9f03f50c864ec3b8

Carrinhos de supermercado transformados em cadeiras de design

Tábua de passar roupa, transformada em objeto de design

Tábua de passar roupa, transformada em objeto de design

Eco-design, up-cycling, slow design, design ativista e co-design são alguns dos termos que dão nova utilidade a coisas que seriam descartadas ou teriam usos mais rudes.

Pallets de madeira transformam-se em camas, sofás e poltronas.

Lâmpadas queimadas em peras decorativas, caixotes em armários…

5353b356665e9eae1e195032026240b2

13953_10151354457461700_769465162_n

O processo de transformar algo usual ou inútil e descartável em um produto novo, com maior valor é bem diferente da reciclagem, que usa energia para destruir o objeto e depois transformá-lo em outra coisa.

No caso do up-cycling, há uma re-invenção do uso do objeto.

6c1597d5e074b847d8cb06b87ae9c08c

5efdce558108f4a715372183e83cbbcb

A contemplação dos aspectos ambientais no desenvolvimento de produtos que reduzem o uso dos recursos não-renováveis e minimizam os passivos ambientais, durante o seu ciclo de vida, o que significa uma redução na geração de resíduos e economia de custos.

Busca precisa do século 21.

Menos lixo, mais economia.

d80021b4069de2a69cdc12b47b97cb02

169103_1_600

Esta direção é uma ferramenta utilizada nas áreas de arquitetura, engenharia, design, artesanato e moveleiros em geral.

Todos estes setores procuram novos modelos de produção e consumo que contribuem para o desenvolvimento sustentável de forma resiliente e bem humorada.

2a8541a796ded69f84ae5207b3314817

Foi em 1972 , num relatório do Clube de Roma, denominado “Os Limites do Crescimento”,  colocando que o crescimento do consumo, causaria uma diminuição e contaminação das reservas naturais, levando a sociedade industrial à um colapso.

A partir deste chacoalhão italiano, a consciência ecológica foi despertada e em 1974, uma das primeiras propostas de design com matéria-prima reaproveitada, surgiu numa equipe da Escola Superior de Design de Offenbach, na Alemanha chamada “des-in”.

sofa 1974

 Eles criaram um  sofá produzido com pneus usados, para um concurso de Design em Berlim.

Gilles Lipovetsky, filósofo e sociólogo francês

Gilles Lipovetsky, filósofo e sociólogo francês

Como descreve o filósofo francês Lipovetsky (2007) em seu livro “A Sociedade da Decepção”  – “Na era pós-moderna a sociedade é absorvida por falsos desejos de consumo, as pessoas passam a depositar sua felicidade no consumo, acreditam que todos os problemas podem ser resolvidos comprando um novo produto, o que não se concretiza.

Dessa maneira, o consumidor entra em um ciclo que não se esgota, uma necessidade leva a outra e todas tentam ser solucionadas através do consumo” (PAPANEK, 2005).

1dc40597c429c6ce7210c005dede671f

 O consumo, ao ser repensado gera iniciativas valiosas, pessoais e comerciais,  como a loja Glore, situada em Stutgart, a primeira a produzir roupas sustentáveis na Alemanha, que inovou ao trazer para o consumidor um ambiente composto por mobiliário  sustentável de forma mais lúdica. 

Glore Store

Glore Store

4_glore_store_neoos_markus_design_

Glore Store

Lá podemos encontrar araras e gôndolas feitas de partes de bicicletas.

As gavetas de um dos móveis de solo são de caixas plásticas, destas que se utilizam em supermercados.  O teto também impressiona, pois é totalmente revestido de caixas de papelão que funcionam como cúpulas para a iluminação.

Também de papelão são as luminárias de piso. 

Apesar desta pegada sustentável, a loja não segue o aspecto “dirty & ugly” que geralmente são associadas ao up-cycling.

Pelo contrário: o espaço é bastante clean e a cor branca predomina. 

02

Glore Store

Um leque de possibilidades desenha esta maneira democrática de co-criar ambientes, roupas e objetos.

recycled-bike-chain

Para que se possa se encaixar as criações como eco-design é importante seguir alguns preceitos:

Elegância – encontrar as soluções bonitas, simples e concisas que forneçam os resultados desejados com estética equilibrada.

Adaptabilidade – Da necessidade de algum resultado o objeto é criado e “experimentar” é parte do processo.

O material usado pode voltar a ter a sua antiga função.

Durabilidade – Produzir algo de qualidade, minimizando a necessidade de reparos e substituição, reduzindo a produção de resíduos (lixo).

Atoxidade – Eliminação de substâncias e processos que poluem ou são tóxicos.

Eficiência – Minimizando o desperdício de tempo, trabalho, energia e recursos físicos.

Praticidade – O objeto sendo utilitário e de fácil manuseio agrega valor à criação.

Localidade – Olhar para o entorno e procurar materiais nas proximidades, investindo em mão de obra e comércio local.

349207241e76a8352f8cda4b9c608812

É papel do designer estipular todos os detalhes pertinentes a cada uma dessas etapas, de maneira que, soluções ecologicamente corretas possam ser adotadas permitindo uma maior eficácia no resultado final.

5d04f798237aa9046ebba4b9398d9a6fUma tendência mundial que gera empoderamento e auto-estima elevada aos criativos que se aventuram nesta nova modalidade.

Marcel Duchamp's Bicycle Wheel

Marcel Duchamp’s Bicycle Wheel

A Fonte de Duchamp

A Fonte de Duchamp

Tendência não tão nova assim.

Já que as raízes deste movimento tem algumas semelhanças como a arte de Marcel Duchamp, onde as obras, “Roda de Bicicleta “(1913)  e  a “Fonte “(1917) usam de objetos cotidianos, nos ícones do movimento Dadaísta.

Já Pablo Picasso construiu sua  “Cabeça de Touro”(1942), a partir de um selim e guidão de bicicleta descartados.

Picasso's Bull Head

Picasso’s Bull Head

Os incentivos ao ecodesign ganham força, empatia e prestígio.

Prêmios, feiras, publicações e ateliers brotam no mundo afora nesta direção definitiva de maiores cuidados com os recursos naturais.

http://greenfurniture.se/products/blockshelf/?portfolioID=118

http://www.salaodesign.com.br/blog/vem-ai-o-premio-eco-design/

http://www.ecochicdesignaward.com/

http://www.bundespreis-ecodesign.de

Jory Brigham‘s Sustainable Furniture Collection

Jory Brigham‘s Sustainable Furniture Collection

5cd78ccd48c6515bcfe000c91fdf021b

Jory Brigham‘s Sustainable Furniture Collection

Pacific Green's Luxor Arm Chair - sustainable furniture company out of Australia.

Pacific Green’s Luxor Arm Chair – sustainable furniture company out of Australia.

Receita rapidinha :

Aquela calça jeans incrível que não tem mais serventia ou se desgastou demais, você pode fazer um porta trecos.

Quanto mais grosso o tecido, mais durável o novo décor.

pocketcapa

Corte o bolso e deixe uma sobra de, ao menos, dois dedos em todas as laterais.

Esse tecido restante deve ser dobrado e costurado como uma borda, para dar o acabamento.

Os bolsos devem ser fixados na parede.

Para tanto, coloque dois preguinhos na parede e faça duas pequenas alças na parte traseira dos bolsos e o porta-treco está pronto.

pockets(1)

Além de serem úteis para organizar pequenos utensílios, os bolsos pendurados podem servir como elemento de decoração.

3b6a1ae3ef29c3ef94d0b1bf3c56a9b3

Agora me animei em fazer uma estante assinada por mim, com dois cintos antigos de lona, ao invés de comprar pronto em alguma loja de material de construção sem nenhuma exclusividade.

Suitcase_dollhouse2

 

 

boca_nova

   Comentário RSS Pinterest