Bom dia com a paixãozinha da America elétrica, filha de @daniela54321 Posso passar a vida olhando pra essa carinha ❤️Virginia Biddle, atriz e bailarina do Ziegfeld Follies. Hoje no site www.japagirl.com.br/blog/dj-sets/todays-sound-ziegfeld-por-arthur-mendes-rocha/Paixão de lobinho, Tiguelitos ❤️Meu amor Tigre e a roseira roxa. Bom dia, boa semana!
Olha @junmatsui já abriu!!!Blood Moon#Orquídea #DendrobiumNymphea blossom...Cherry blossoms over lake 🌸🌸🌸Viva o sábado de sol!!!
#Orquídea #Miltônia primeira floração comigo 🙅 Primavera chegou!Bom dia! Boa semana!!!

                
       





















bloglovin



CURRENT MOON

Posts Tagged ‘marrocos’

TODAY’S SOUND: BETTY CATROUX POR ARTHUR MENDES ROCHA

Betty Catroux é a Yves Saint Laurent girl por excelência: loira, magra, sempre vestida com roupas masculinas , ela é puro estilo e não é a toa que o designer a chamava de seu alter-ego.

betty---foto-1

Betty tem conexões brasileiras, pois sua mãe, a socialite francesa Carmen Saint, nasceu aqui.  Seu pai era diplomata e os dois frequentavam as altas rodas sociais parisienses.

Betty nasceu e cresceu em Paris e aos 17 anos, foi convidada pela própria Chanel para ser modelo, mas ela não gostava de desfilar, preferindo fotografar.

betty---foto-2

Ela trabalhou como gerente da nova loja de Pierre Cardin e lá começou a chamar a atenção pelo seu estilo todo especial.

Sua vida mudou em 1967, quando conheceu no nightclub Regine’s Yves Saint Laurent, o famoso designer que se apaixonou por ela à primeira vista, considerando-a sua irmã, sua alma gêmea.

betty-e-ysl

Saint Laurent via em Betty um pouco de si próprio, já que ela é pura androginia, os dois foram amigos durante toda a vida e ela é considerada uma de suas principais musas, vários modelitos YSL foram criados tendo ela em mente.

Betty---ysl-e-suas-musas

Betty adora andar de preto, de óculos escuros, com os cabelos loiros compridos, geralmente vestindo preto e sempre impecavelmente elegante.

betty---foto-3

Em 1968, ela se casa com o chiquérimo designer de interiores François Catroux e já causa no seu casamento, vestindo casaco de pele preto e branco Cardin, mini-culote e botas com placas prateadas.

betty---casamento

Betty começa a se tornar a girl of the moment, acompanhando Saint Laurent em sua inauguração na loja da Madison, em NY, além de pousar para Vogue ao lado de Jane Birkin.

betty-e-jane

Aliás, os fotógrafos adoravam Catroux, tendo sido ela fotografada por Irving Penn, Horst P. Horst, Helmut Newton, entre vários outros.

betty-nude

Betty frequentava direto a lista das mais elegantes do mundo, entrando para o Hall of Fame dos bem-vestidos.

Ela vestia as roupas de Saint Laurent, pois ela as veste como imaginadas por ele, segundo o próprio afirmou: ‘ela representa o rigor e a disciplina de um corte perfeito”.

betty---foto-4

Junto com Loulou de La Falaise, Betty era a outra companhia inseparável de YSL, frequentando suas casas (como a Majorelle no Marrocos) e apartamentos mundo a fora, participando sempre da primeira fila de seus desfiles.

betty---ysl-e-suas-musas-2

Quando Tom Ford assumiu a Saint Laurent, por pouco tempo, sua coleção foi toda inspirada por Betty, especialmente depois dele ter revirado os arquivos da Maison e visto as fotos dela nos anos 50, que dizem serem incríveis.

betty---foto-5

Assim que Heidi Slimane começou a desenhar para a linha masculina da Saint Laurent, ela apoiou o designer e inclusive vestia suas criações.

Mesmo depois da morte de Yves, quando Slimane assumiu a Saint Laurent, Betty disse que ele continuaria o espírito de Yves.

betty---foto-6

Está para ser lançado aqui o novíssimo filme que fala da vida de YSL, desta vez um filme de ficção e não um documentário, como era  ‘L’Amour fou” (do qual ela participou).

Neste filme, intitulado apenas “YSL’, ela é vivida pela atriz e modelo Marie de Villepin, que pela foto abaixo foi uma escolha acertada para vivê-la no cinema.

betty---ysl-film

Segundo seu marido, François, declarou: ‘Ela foi para Yves, e estou certo disto, como um desenho. Ela é o que ele teria sonhado ser, acho eu.”

1105-HG-CAO1.01

Em 2010, a revista Bazaar fez uma homenagem fashion aos filmes de Almodovár e publicou esta foto com Betty e Loulou refazendo uma cena de ‘Mulheres a beira de um ataque de nervos”.

betty - bazaar

Betty é um exemplo de elegância, sem o menor esforço, ela transpira classe e até hoje é referência para todos os fashionistas.

betty-hoje

   Comentário RSS   
 

TODAY’S SOUND: GAME OF THRONES POR ARTHUR MENDES ROCHA

Uma das séries mais caras produzidas para a televisão, com um universo cheio de reis, rainhas, castelos, magias, dragões, feitiços, “Game of Thrones” é uma das melhores coisas a surgir na telinha nos últimos tempos.

gameofthrones-logo

A HBO investiu muito dinheiro para lançar esta série baseada nos livros de George R. R. Martin intitulados “A Song of Fire and Ice” (Crônicas de Gelo e Fogo), que já foram lançados por aqui em 2010.Para se ter uma idéia, os livros já venderam mais de 15 milhões (só no Brasil foram 1,5 milhão)

game-of-thrones-poster

A concepção ficou por conta de David Benioff e D.B. Weiss, que a roteirizaram e produziram para o canal a cabo, um dos primeiros a acreditar no potencial de séries mais adultas e feitas para um público especial.

Abaixo o trailer da primeira temporada:

‘Game of Thrones” estreou em abril de 2011 e atualmente está em sua terceira temporada, que deve encerrar em junho.

Game-of-Thrones-cast1

A série é emocionante, uma vez que você começa a ver, fica difícil parar, por ser uma adaptação literária, os textos, os personagens são muito bem delineados.

Na abertura, com a épica música de Ramin Djawadi, já vemos os nomes dos atores e uma indicação a que reino pertence, coma utilização de maquetes, abertura esta premiada com o Emmy:

Mas é claro que na TV, algumas mudanças foram feita em relação aos livros, a começar pelo título, já que “Game of Thrones” é apenas o nome do primeiro livro.

A frase ‘Winter is Coming” ficou famosa com a série, pois em Westeros os invernos são longos e duradouros.

game-of-thrones-winter-is-c

Acompanhar uma série desta magnitude não é uma tarefa fácil, é preciso muita atenção, pois são vários personagens envolvidos em cada episódio e cada um pertencente a determinado clã, mas todos têm um mesmo objetivo: conquistar o trono de Westeros, o chamado Iron Throne (trono de ferro) e comandar todos os reinos.

GameOfThrones_foto-5

Para isso acontecer, haverá muitas intrigas, conflitos, mortes, traições, conchaves, enfim, todo o tipo de disputa pelo poder dos sete reinos.

Game-of-Thrones-Houses-info

Os personagens principais e seus determinados clãs são:

Os Stark

- Ned Stark (Sean Bean) – o chefe do clã,o senhor de Winterfell,  homem honesto e corajoso, comanda seu reino com determinação e tenta passar isso a seus filhos

-Catelyn Stark (Michelle Fairley) – a esposa de Ned, fiel ao marido e aos seus objetivos, procurando tomar as melhores decisões para sua família

-Robb Stark (Richard Madden)- o filho primogênito dos dois e herdeiro direto do reino, jovem batalhador e de boa índole

game-of-thrones---starks

-Sansa Stark (Sophie Turner) – a filha sonhadora, mas que vai ter um destino sofrido nas mãos dos Lannister

-Arya Stark (Maisie Williams) – a filha que deseja lutar como os homens e treina para isso, sem medo dos desafios que tem de enfrentar

-Brandon Stark (Isaac Hempstead-Wright) – filho mais jovem e que sofre um acidente na primeira temporada que o impedirá de andar, mais tarde descobre-se um warg (pessoa com poderes de visão de animais)

-Jon Snow (Kit Harrington) – o filho bastardo de Ned e que Catelyn não aceita, ele procura um lugar ao sol, nem que para isso tenha que se afastar da família e enfrentar os perigos da muralha de gelo

gameofthrones---jon-snow

-Theon Greyjoy (Alfie Allen) – filho do Lorde Balon, escudeiro e protegido de Ned, ele é revoltado com sua situação e está pronto a dar o bote contra os Stark

Os Baratheon

-Robert (Mark Addy) – O rei dos sete reinos, amigo íntimo de Ned, casado com Cersei, beberrão e autoritário, mas de bom coração

game-of-thrones-house-barat

Os Lannister

-Stannis (Stephen Dillane) – irmão de Robert, surge a partir da segunda temporada, se considera o herdeiro legítimo do trono ao descobrir que Joffrey pode ser um bastardo.

-Tywin Lannister (Charles Dance) – Lorde de Casterly, ele é capaz de tudo para lutar por sua posição, homem rico, frio, calculista e trata seus filhos muito mal

-Cersei Lannister (Lena Headley) – a linda mulher de Robert, esperta, dissimulada,  só se interessa pelo que é seu, nutre uma paixão pelo irmão gêmeo.

game-of-thrones-lannisters

-Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau) – é chamado de kingslayer,pois matou Rei Aerys Targarien II, no começo é péssimo, egocêntrico, mas vai mostrando humanidade na atual temporada

-Tyrion Lannister (Peter Dinklage) – ele nasceu com um defeito físico: é anão, mas é o único do bem na família, seu pai o culpa pela morte da mãe (que morreu no parto)

-Joffrey (Jackie Gleeson) – o tirano e detestável filho de Cersei, dizem que na verdade ele é filho da união dos dois irmãos Lannister, é o herdeiro do trono de Robert.

Game-of-Thrones-joffrey-e-t

Os Targaryen

-Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) – também conhecida como Khaleesi, é a herdeira natural do trono de Westeros e a senhora dos dragões, na primeira temporada casa-se com Khal Drogo (Jason Momoa).

game-of-thrones-daenerys
Num épico deste, personagens surgem e saem de cena á todo momento, a série é palco de atuações brilhantes e de ótimos atores (na sua maioria, ingleses).

Game-of-Thrones.foto-1

A produção não pode ser mais detalhista: direção de arte impecável, figurinos, direção de fotografia, cenografia, enfim, nada é poupado para que tenhamos na TV um espetáculo perfeito.

Não sei quanto custa cada episódio, mas uma coisa é certa, a série é conceitual, é um esforço para que a HBO proporcione ao seu público o melhor, a série não deve se pagar, nem com comerciais, mas através dela, atinge um público inestimável, exigente, que sabe apreciar um produto de primeira qualidade e que comenta tudo nas redes sociais.

game-of-thrones.foto-2

A série tem muitas cenas de ação e de sexo (que até foram criticadas por serem julgadas gratuitas em muitas vezes) sempre está acontecendo alguma coisa importante em cada um destes núcleos.

Game-of-Thrones-bastidores-

“Game of Thrones” já venceu o Globo de Ouro e o Emmy de melhor ator coadjuvante para Peter Dinklage e seu sensacional trabalho como Tyrion, que rouba a cena toda vez que aparecee fez com que sua participação aumentasse ainda mais na série.

game-of-thrones-peter

Além disso, a série coleciona prêmios técnicos seja em efeitos especiais, maquiagem, figurino, direção de arte, som e também para o ótimo trabalho de casting (escolha de elenco) e dublês.

gameof-thronesbehind-the-sc

Ela é filmada em locações das mais diferentes, incluindo Inglaterra, Irlanda, Malta, Croácia, Islândia, Marrocos, além dos estúdios Paint Hall em Belfast, tudo com um apuro incrível.

gameofthrones-locação-2

'gameofthrones

Até uma nova língua foi criada na série, pois ela está nos livros e para isso, foi contratado um profissional em lingüística para desenvolver o dothraki e o valyrian, que utiliza subtítulos para que possamos compreendê-las. Abaixo um making of da série:

Para evitar o número recorde de downloads que a série tem semanalmente (na faixa de 3,9 milhões), a HBO decidiu por transmitir a série aqui e em vários lugares do mundo simultaneamente com os EUA.

game-of-thrones-foto-3

Em uma olhada na ficha técnica da série, podemos ver um número infinito de atores, colaboradores, técnicos, são muitas pessoas envolvidas nesta superprodução, talvez a mais cinematográfica série já realizada para a televisão.

gameofthrones-foto-4

Na nova temporada, vale um destaque especial para Diana Rigg, a eterna Emma Steel da série cult britânica “The Avengers” no papel de Olenna Tyrell, dona de uma sabedoria e grande experiência em lidar com as intrigas da corte.

GameOfThrones-DianaRigg

No domingo passado, Game of Thrones atingiu sua maior audiência em todos os tempos; mais de cinco milhões e meio de aparelhos sintonizados na luta pelo poder de Westeros.

   Comentário RSS   
 

Majorelle cap. 3, residência e fundação de Yves Saint Laurent e Pierre Bergé

Um dos casais mais chiques do mundo, na minha opinião, Pierre Bergé e YSL desfrutaram  diversas casas pelo mundo.

Cada uma destas faraônicas mansões guardavam suas coleções de arte particulares, objetos e móveis do mais puro bom gosto; tudo com qualidade de museu.

Sem dúvida, este bom gosto era baseado em cultura e história.

Quando montavam uma casa, não era sobre a dimensão do imóvel, havia uma história a ser contada.

De fato, uma mistura de mágica com poesia.

Muitas vezes, costumavam adquirir casas em ruínas e restaurá-las de volta ao esplendor.

Este foi o caso com o Jardin Majorelle.

Já era a terceira casa que o casal adquiria em Marrocos, Saint Laurent que nasceu e cresceu na Argelia, sinalizava um retorno ao ensolarado norte da África que foi grande fonte de inspiração na moda que criava.

As outras residências do casal ficavam em Paris, Normandia e no Tânger.

E sobre todas as suas outras residências, foi no Jardin Majorelle em Marrakech que Yves Saint Laurent, desejou que fossem jogadas suas cinzas. Então, sem sombra de dúvida, além de ser um lugar especial, foi onde YSL foi mais feliz.

Seu personagem marroquino tornou-se tão conhecido na cidade, que o homenagearam nomeando a rua de seu jardim com seu nome.

Muitos de seus amigos, do jet-set internacional,  passavam lendárias temporadas por lá, relaxando debaixo das estrelas, ouvindoMaria Callas no terraço forrado de tapetes persas.

Mergulhei no universo desta época e descobri algumas delícias para contar para vocês:

O casal, que eu fiquei mais passada, era o mais chique da época: Thalita e Paul Getty.

Photo by: Patrick Lichfield, on a Marrakesh rooftop in 1969.

Paul era herdeiro do petróleo, filho do homem mais rico do mundo naquela época e Thalita, absolutamente chic!

Thalita Getty, nascida na Indonésia, enteada do pintor Augustus John, musa absoluta de Saint Laurent, inventou o termo “Bohemian”, tão usado nos dias de hoje, foi pioneira usando seus looks numa etnia hippie chic, como só um ícone de estilo sabe usar.

Até o grande bailarino Rudolph Nureyev ficou enlouquecido por ela, imaginem!

Thalita e Paul Getty compraram e decoraram um palazzo em Marrakech e claro, eram assíduos frequentadores do Jardin Majorelle de Bergé e Saint Laurent.

Acontece que Thalita Getty alimentava um vício por drogas pesadas com tamanha voracidade, que seu hábito em heroína a matou com apenas 30 anos de idade, deixando para trás um filho de 3 anos apenas e uma vida pra lá de maravilhosa.

Haviam também Mick Jagger (este, dispensa apresentações) e Marianne Faithful, que viviam um tórrido romance durante este período.

Já, o melhor amigo da época de escola de Saint Laurent, designer de lingerie, Fernando Sanchez, estava sempre presente.

Sem falar em Loulou de La Falaise, musa, designer, colaboradora e grande amiga de Yves Saint Laurent. Faleceu recentemente em Novembro  de 2011. Sua notória elegância, estava em seu sangue já que descendia de uma longa linhagem  de condes ingleses.

Criou jóias e acessórios para a boutique do Jardin Majorelle, inclusive.

E como não poderia deixar de ser, outra grande amiga de Saint Laurent, Catherine Deneuve também era assídua frequentadora do Jardin Majorelle.

 

E Bill Willis, o genial decorador americano que criava cenários de sonho não apenas para Bergé e Saint Laurent, mas grandes socielites como Marie-Hélene de Rothschild, a família Agnelli, e como não poderia deixar de ser,  o casal  Getty no famoso Palais de La Zahia.

Bill Willis ajudou a decorar assim como restaurar, transformando a Villa Oasis numa fantasia Marroquina;

Segundo Bergé, ninguém compreendia a cultura Marroquina tão bem quanto Bill Willis.

Willis que era um Orientalista na tradição de George Clairin (minha mais nova obsessão), se apropriou de uma linguagem estética e a reinventou com maestria.


Conhecido pela sua personalidade difícil, Bill Willis era uma mistura de exigência com indolência.

Permitia que seus desejos e entusiasmos governassem sua vida.

Surpreendentemente, seus talentos passaram desconhecidos pelo mundo, nunca tendo conseguido o sucesso material concedido para muitos infinitamente menos talentosos.

Faleceu de hemorragia cerebral, sem um aviso escasso de sua morte em qualquer lugar, segundo Bergé.


Este Jardim de 12 acres também é onde fica o Museu de Arte Islâmica de Marrakech, que guarda a coleção têxtil norte-africana pessoal de YSL, cerâmicas, raríssimas  jóias das tribos Berber e  pinturas de Jacques Majorelle.

Essa é a história do Jardin Majorelle que inspirou e seduziu grandes nomes da cultura mundial dos séculos XX e XIX, entre eles Jacques Majorelle e Louis Majorelle, sendo inclusive a última morada de YSL.


   Comentário RSS